PT | EN | ES

Main Menu


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Sentence view

[1819]. Carta de Estêvão Moniz da Silva Botelho, letrado, para José Luís da Silva, negociante.

Author(s)

Estêvão Moniz da Silva Botelho      

Addressee(s)

José Luís da Silva                        

Summary

O autor escreve a José Luís da Silva, negociante envolvido num processo judicial, para lhe remeter uma carta que recebeu da parte do réu mesmo processo.

Text: -

Tags:


[1]
Ilmo Sr Jose Luis da Silva
[2]
Meu particular e antigo Amo
[3]
Hontem de manhaã, tendo sahido à Missa, qdo vim pa Caza, achei essa carta incluza cujo Indeviduo, não conheço, nem sei qm he pelo nome,
[4]
e pouco depois. vierão dois rapazes, com Fardas de Trombeta de Cassadores, buscar a resposta, e vocalmte lhe disse, q suposto eu o não conhecesse, q não tinha lugar, assestir como Letrado a pergunta, q isto tem lugar qdo menor, e se elle queria reclamar as Perguntas podia fazer qdo fosse chamado pa as rateficar,
[5]
pr isso q se lhe havião de ler
[6]
Ora meu Amo Este homem, ou he ladrão, ou algum Tratante, pelo modo com q fala,
[7]
porem se he certo, o q elle dis a repto do Ministro, talves q sirva a mma Carta de governo, e pr isso lha remetto, pelo Portador.
[8]
Assim Assim Como eu fui o pro q declaradame disse ter sido assás bem escandaloso, o procedimto q houve com a sua Caza, e athe temerario e errado, assim taobem concebi grde alegria, logo q o vi na 4a fra á noite no Theatro de S Carlos, e cauzou huma alegria geral, q eu presenciei, e tanto meresse a sua bonde e notoria honra.
[9]
Eu sou Amo e venedor S C 2a fra Estevão Moniz da Sa Botte

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation