PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

1812. Carta de Francisco José de Oliveira para António Teixeira de Carvalho, proprietário de uma fábrica.

Autor(es)

Francisco José de Oliveira      

Destinatario(s)

António Teixeira de Carvalho                        

Resumen

Francisco José de Oliveira escreve ao sócio apresentando contas e pedindo dinheiro para o pagamento de despesas.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Snr Ant Teixra
[2]
Remeto as Folhas de seis mezes Juntamte a Conta do que se me deve dellas que são 402.917 abatendo os 200.000 r que Ve em Março
[3]
eu estou sem dro pa pagar a Gente
[4]
agora he preçizo dezasete moedas pa as empreitadas que he o Trigo e os Pomares que estão por cavar.
[5]
asim Vmce mandara Algum pa eu hir suprindo pois sem dro não se pode fazer os Travalhos e agora ganhão os travalhadores grandes Preços e Custão aChar asim mesmo porque agora a forca dos travalhos
[6]
e não outro remedio porque senão hão de deixar perder as novides
[7]
eu Logo que arange alguns travalhos que não posso de dezemparar porque estou vou pa falarmos
[8]
Respeito as nossas Contas.
[9]
Ds Ge a Vmce m a
[10]
De Vmce Cr eM elvas 4 de julho 1812 Franco Je de Olivra

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation