PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

[1829]. Carta de B. J. Santana para José Moro, preso espanhol.

Autor(es)

B. J. Santana      

Destinatario(s)

José Moro                        

Resumen

Carta de um amigo a um preso explicando como intercedeu por ele junto do carcereiro.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Amigo
[2]
Em qlqr parte ahonde eu ezista sempre darei provas de qto amo a Virtude e pa prova disso acabo de fazer hum Sacreficio q pa mim nunca faria q foi o rogar ao Carcereiro pa q viesses pa Cima ao q me respondeo q a tarde te mandava vir e q o não fazia emeadtamte pq então todos quererião jogar a pancada;
[3]
anciozo espero ter o gosto de te abraçar como qm tem a lizonja de poder apelidarse
[4]
Amo Mto affzo B. J. de StaAnna

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation