PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

[1822]. Carta de Maria dos Prazeres Soares de Abreu e Melo para seu irmão Manuel Nicolau de Abreu.

Autor(es)

Maria dos Prazeres Soares de Abreu e Melo      

Destinatario(s)

Manuel Nicolau de Abreu                        

Resumen

A autora despede-se carinhosamente do irmão, pedindo-lhe desculpas no caso de ele se ter ofendido por alguma das suas ações.

Texto: -

Etiquetas:


anteriores


[1]
sempre lhe escreverai de donde estiver
[2]
não posso comer nada i sai q como vou q he baste doente i com o abalo de jornada i esta gente q tudo chorão sem saber q me matão não sai o q sera de mim:
[3]
mas se naqelas teras lhe prestar pa alguma coizea i eu puder conte comigo pois sempre lhe mostrarai o q lhe sou de obgda i o q lhe devo:
[4]
mas eu sempre lhe fui mto fiel i ai de ser emqto me durar a vida:
[5]
aDes meo prezadisimo Mano
[6]
ate quando Des qezer
[7]
estimarai ter sempre boas notisias do Mano
[8]
pois sou sua mana come mto e mto Ata i obgda
[9]
Ma

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation