PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

1687. Carta enviada por Maria Pinheira a Francisco Leitão de Magalhães, prior de Canha.

Autor(es)

Maria Pinheira      

Destinatario(s)

Francisco Leitão Magalhães                        

Resumen

Maria Pinheira denuncia o marido, Manuel Francisco, ao prior de Canha.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Sr Prior
[2]
Bem çei q atrivimento a esCrever a huma pessoa de que não tenho Conhessimto nem Vm de mim mas a Cauza de esCrever a Vm foi so o pella emformaçam q de Vm me deo João Luis olayo e pello q em Vm deo a entender o seu Bom zello de porCurar pellas Coizas e Cauzos toCantes a Nossa fee Catholica
[3]
e asim N Sor lhe dara a Vm na outar Vida o premio da gloria e nesta a saude que Deseija pa lhe faser mtos servissos
[4]
eu por ser huma pobre de xpo nas minhas orazonis tenho o prestimo pa o enComendar a Xpo pa q lhe dei mta saude e Vida
[5]
Sor nesta terra esta casado hum homen Comforme me disse joão luis olaio o qual he meu marido ha de de aver nove annos pouCo mais o menos
[6]
e foi Ressebida com elle na forgessia de paiva lugar arcebispado de Coinbra
[7]
chamasse mel franco filho de hum homen que se chamava de AlCunha o pouzou
[8]
e tenho hum filho delle chamado filipe
[9]
e apello a Vm ponha Cobro sober isto
[10]
e a min me chamão maria penheira
[11]
sou dep de montemor o velho
[12]
elle tambem he de montemor o velho
[13]
montemor o novo 20 de março de 687
[14]
de Vm a mais minima Ma pinheira

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation