PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

[1720]. Carta de António da Cruz e Silva para José da Silveira, padre.

Autor(es)

António da Cruz e Silva      

Destinatario(s)

José da Silveira                        

Resumen

António da Cruz e Silva escreve ao padre José da Silveira a confessar que entrega a alma ao diabo.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Avizo a V Pte q Noticie aos inquizidores q eu tenho dado a alma ao diabo, e q dezespero e aRenego de Ds Padre de Ds filho, e de Deos espyrito Santo, e de qtos Santos tem o Ceo; e q somte venero, amo, e adoro a Lucifer por Senhor de minha vida, e alma:
[2]
e isto Repito, digo, e comfesso todos os instantes sem temor algũ desse Ds a qm athe gora Cegamte adorava pa meu mal;
[3]
e porq desta mudança foy cauza o Pe Mel thomas, elle tenha o premio q dos infernaes spiritos espero
[4]
faso esta deliga por papel, porq a prizão me impozibilita pa a fazer eu proprio; e não Remeto as noticias a inquizidores algũ porq quero q seja V Pte obrigado a saber os Comfisados q tem, e a qm os emtrega; q infalivelmte me parese q está obrigado a dar pte deste cazo ao santo oficio,
[5]
e qdo o não faça prontisimamte creminarei a V Pte por consentidor das indozlencias com q o Pe Mel Thomas machado domina a Caza de Mariana da Silva, sem o atemorizar a Vista de Coatro Clerigos q por semelhantes Couzas Sahirão este a-cto de .
[6]
Não Repare na dezordem da escripta, q a pena com q fico não mais lugar q sertificarlhe q qqm dis isto he
[7]
Antonio da Cruz e Silva

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation