PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

[1760-1769]. Carta de Maria, aliás, Maricas, para Gabriel de Mira, padre.

Autor(es)

Maria, aliás, Maricas      

Destinatario(s)

Gabriel de Mira                        

Resumen

A autora, em registo erótico, fala das saudades que tem do destinatário. Pede-lhe que não dê ouvidos a intrigas que circulam a seu respeito.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Meu Marido todo o meu bem
[2]
não te poso expeliCar as lagrimas que Choro Com saudades tuas pois me parese que ha hum anno que te não bi
[3]
em Cegundo lugar desejarei esta te aChe Com saude pois he o que mais te desejo
[4]
eu fiCo boa pa te dar gosto
[5]
meu filho Ca resevi a fita
[6]
pois te Comfeso que o estimei mto mas mto mais a havia de estimar se fose mto mais pois intam Conhesia que tu tinhas siumes de mim
[7]
mas Como ma mandastes bermelha he serto que estas em guera Comigo
[8]
tu bem saves que eu sou mto tua e que não amo a mais nimgem senão a ti pois so tu hes o meu bem e todo o meu amor
[9]
meu menino quem me dera ja berte pa te dar mtos abrasos e mtos beiginhos e meterte a linguinha toda nesa boquinha
[10]
as tuas maminhas todas tuas e de mais nimgem não so sam tuas e tudo Coanto he meu he so pa o meu marido pois so a ele quero e so a ele amo
[11]
vejo o que me dizes que te diseram que eu tinha alugado humas Cazas e tambem do torto de ponte
[12]
saveras que tudo he huma pouCa de mentira pois eu não sou Capas de te inganar
[13]
e te digo que tudo he mentira isto o podes querer Como tua molher que sou
[14]
não te fies ef em quem me quer mal pois te dezega dizer Couzas pa que tu não tornes a falar Comigo nem querem que tu mandes nada
[15]
vejo o que me dizes que neste Coreio me mandas huns sapatos bonitos
[16]
eu hei de estimar mto por serem da tua mam
[17]
tambem vejo o que me dizes que me queres mandar os pratos e as mais Cozas
[18]
Rec reComendo oo home da lanCha que não de iso senão a preta ou a mim
[19]
que não soseda Como da outra bes
[20]
tu reComenda tambem ao Coreio que não de a Carta senão a preta
[21]
adeos meu filho
[22]
adeos meus amores
[23]
aseita mtos abrasinhos as tuas maminhas e da tua boquinha perninhas pentilhinho e do teu Coninho que esta tam goardadinho so pa o meu Rico marido todo do meu CoraCão
[24]
adeos meu filho
[25]
toma hum beiginho e hum abrasinho que to manda a tua molher
[26]
Desta que tam deveras te ama e ha de amar a tua Maria gabriela

Text viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation