PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

CARDS0130

1818. Carta de José Maria Dias, preso, para José Inácio de Mendonça Furtado, desembargador.

Autor(es)

José Maria Dias      

Destinatario(s)

José Inácio de Mendonça Furtado                        

Resumen

O preso escreve ao desembargador pedindo-lhe que vá à cadeia para lhe falar.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Dezembro 16 De 1818

Este seu Criado poim esta em çua mão pa q VaS lhe faça a graça de pasçar a esta Prizão, a fim de Espor a VaS o q he mto preçizo. Não tome VaS isto por baCatela nem por atrivimto, poes quero q Vmce me tenha sempre por verdadeiro; i pronto pa em tudo ser.

Seu Criado o mais OMilde Joze Maria Dias

Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase