PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

CARDS0228

[1818]. Carta de Manuel António Assunção, procurador, a José Luís da Silva, moedeiro.

Autor(es)

Manuel António Assunção      

Destinatario(s)

José Luís da Silva                        

Resumen

Manuel António Assunção, procurador, escreve a José Luís da Silva queixando-se de este o ter difamado publicamente.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snr Joze Luiz da Silva

Estimo a sua saude e Compa de tudo quanto lhe gosto, Snr o q se me ofrece a dizer-lhe he que pace Vmce a procorar qm tome em comvencia de tratar das suas Cauzas prencepalmte na Cauza da Letra de França q corre prigo e tambem nas outras, agora sou a dizer-lhe q o motivo deste Procodimento he Vmce mandar-me chamar Publicamte em Caza Publica Ladrão q eu ou queria Roubar parecia-me empocivel q Vmce tal dice-ce pois q quem me gavava q lhe tinha feito Receber quantias q não esperava Receber e outros Creditos q Vmce dezia de mim não comprovão agora este proço Procodimento mas tenho a dezer-lhe q todos em geral me conhecem em geral e o meu proçodimto

deste seu Venerador e Cridado

PS qm Vmce determinar pa procorador q me fale na Loja do Snr Selvestre Je da Cunha Ja Vmce Me devia ter Mandado huma Nota; de todas As Cauzas que Eu tenha Em Seu poder; o que Espero me mande Ja. o Estado delas e honde Param; pa Eu Mandar tomar Conta delas; Em qto o que me diz; Como Nada he Verdade; pode dizer o que quezer Manoel Anto Asumção


Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase