PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

CARDS0011

1826. Carta de José Guilherme, Capitão do Regimento de Infantaria 17, para Daniel, pseudónimo de Agostinho Figueira, oficial comissariado em Estremoz.

ResumenJosé Guilherme escreve a Daniel, pseudónimo de Agostinho Figueira, dando várias instruções e usando um aparente código.
Autor(es) José Guilherme
Destinatario(s) Agostinho Figueira            
Desde Portugal, Évora, Estremoz
Para S.l.
Contexto

Após a morte de D. João VI (abril de 1826), D. Pedro outorgou a Carta Constitucional, iniciando-se um curto ciclo político liberal denominado Primeiro Cartismo (1826-1828). A situação política e militar interna era muito confusa, com a proliferação de grupos e fações, sucessivas remodelações governamentais e várias ações militares. Poucos dias depois do juramento da carta (31 de julho de 1826), tiveram início várias revoltas anticartistas, entre elas as que foram desencadeadas no Alentejo sob a liderança do Brigadeiro Magessi, que invadiu o território português a partir de Espanha e que contou com vários apoios locais. Tais apoios receberam a designação de «rebeldes espanhóis», que surge nestes documentos e se reporta a esses insurretos anticartistas, portugueses, que operavam a partir de Espanha. Este processo foi movido a Agostinho Figueira por suspeita de colaboração com os ditos "rebeldes espanhóis", nomeadamente com o Capitão do Regimento da Infantaria 17, José Guilherme, em conluio com Joaquim da Silva Zagalo, sargento do Regimento de Milícias de Vila Viçosa. A acusação baseou-se no facto de, na correspondência envolvendo os três indivíduos, se usarem pseudónimos nas fórmulas de endereço, estratégias de assinatura anónima, e caligrafia disfarçada. No processo faz-se referência a editais proibindo a correspondência com os anticartistas.

Soporte meia folha de papel dobrada escrita nas três primeiras faces e com sobrescrito na última.
Archivo Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Casa da Suplicação
Fondo Feitos Findos, Processos-Crime
Referencia archivística Letra A, Maço 42, Número 12, Caixa 86, Caderno 2, Fólios [6]r-[7]v
Transcripción Leonor Tavares
Revisión principal Cristina Albino
Contextualización Leonor Tavares
Normalización Mariana Gomes
Anotación POS Clara Pinto, Catarina Carvalheiro
Fecha de transcipción2007

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Daniel

A mais Comte saude lhe dezejo e ao meu amo pa que desponha deste poço de Crimes e na verde lhe ha de fazer gde ademiração o ver a minha Letra porem Como outros Creminosos e de maiores crimes nao lhe he Vedado isso em materias que nao projudiquem eis o motivo por que o faço Rogandolhe a mce entregar ao Portador a borracha com que deitava as ajudas tirandolhe o pipo e metendolhe o delgado pa dentro atandolhe hu trapo na boca pa não se tirar e evitare o quebrar ou perder e tendo a bonde darlhe o Bul melhor. e pelo Paulo Recovro de Va Vca mandarme entregar o sogro de B Franco de Milicias Joze Anto Nunes as minhas pistolas pondolhe 2 ganxos de ferro que estavão em hua das gavetas e 2 pedras capazes q havia o colete de ceda e se não te devertistes com esses quejos q ficarão venhão tambem, se o fizeste estás dispencado da remeca q aqui não se podem comer de ruins, e eu não m e de liberar nunca escrever a ma fama ora Daniel isto venha em hum saco que ficou, e algum meu facto do uzo q ficou eu to ofereco pa o inverno e servete delle, se te parecer que pelo Paulo não mo vem mto siguro mas pareceme Capas escolhe quem bem te parecer pede a Snra huas raizes e sementes do tempo q he pa aqui dar que estimarei vivão discançados e com saude que he o gde bem manda despejar o enxergão e se hum dia sahires dessa entrega a pesoa q te pareça com ha relação mandame 4 culheres de e 2 das outras basta de te encomodar recomendame mto a todos os de Caza e despoe

deste teu Eu 30 de 7bro 1826

o Bul venha a aza dentro


Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por fraseSyntactic annotation