PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

PSCR0123

[1500-1599]. Carta de Aires Barbosa para António Carneiro, secretário de estado.

ResumenO autor queixa-se ao destinatário de não ter alojamento perto da corte real.
Autor(es) Aires Barbosa
Destinatario(s) António Carneiro            
Desde Portugal, Santarém
Para Almeirim
Contexto

Esta carta quinhentista foi recolhida no fundo Coleção de Cartas, unidade de instalação Cartas Missivas e outros Documentos. Esta unidade agrupa, em 4 maços, documentos dispersos de datação incerta ou incompleta. A partir da informação interna da própria carta, tenta-se inferir datas extremas e dados que a situem e, de alguma forma, a contextualizem.

Soporte uma folha de papel escrita no rosto.
Archivo Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Colecção de Cartas
Fondo Cartas Missivas e Outros Documentos
Referencia archivística Núcleo Antigo 881, Documento 338
Folios [1]r-[1]v
Online Facsimile não digitalizado
Transcripción Tiago Machado de Castro
Revisión principal Raïssa Gillier
Contextualización Tiago Machado de Castro
Normalización Raïssa Gillier
Fecha de transcipción2016

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

senor

hũa de vm me deu o levador desta minha a qual diz vm q elRey nosso sor sabe q eu pouso santarẽ por defeito e mingoa de pousada almerim. do qual me maravilho porq a me certificarõ q a sua alteza falou o cardeal q me dessẽ la pousada. e q por estar muy cheo esse lugar q ao presente era possivel ate q fosse a ẽpatriz. eu por ser importuno mormẽte tẽdo ja expimentado quã negrigẽtes são os officiaes d sua alteza me pver de casas por os lugares polos quaes ja ädamos. calei me e tive paciẽcia. como me pareçe q deve fazer qualquer fiel servo conheçẽdo o q diz ou mãda o sor: posto q seria muyto cõformo a razão porẽ agora pois q vm saberia q por mingoa de pousada eu leo e por mingoa de võtade: diga a sua alteza o caso. q eu pvido logo serey la a obedeçer como ate qui fiz d sãtarẽ

beija as mãos de vm ayres barbosa

Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase