PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

PSCR1311

[1651]. Carta não assinada, atribuída a Manuel Cordeiro, para os Inquisidores de Lisboa.

ResumenO autor dirige-se aos inquisidores fazendo acusações de corrupção dentro dos cárceres do santo ofício.
Autor(es) Manuel Cordeiro
Destinatario(s) Inquisidores de Lisboa            
Desde Portugal, Lisboa
Para Portugal, Lisboa
Contexto

No processo de Manuel Cordeiro, preso a 30 de Setembro de 1651 por impedir o recto funcionamento do Santo Ofício, estão incluídas duas cartas. Uma delas (PSCR1310) foi encontrada no dia 6 de Abril de 1651, quando o inquisidor Luís Álvares, acompanhado do padre Borges Tavares, promotor, e José Cardoso, notário, foram à varanda da casa da Inquisição, nos Estaus, e descobriram do lado de fora das grades um embrulho bem atado com fio e um ladrilho, para fazer peso, que devia ter sido para ali atirado durante a noite. Nesse embrulho estava esta carta, dirigida ao Santo Ofício, acusando Duarte da Silva e Rodrigo Aires Brandão, já presos nos cárceres, de trocarem correspondência para fora da prisão. Meses depois, uma nova carta anónima (PSCR1311) foi enviada ao Santo Ofício, contendo novas acusações contra os prisioneiros; contra Gaspar Clemente, que fora notário do Santo Ofício; e contra os Forragaitas (Francisco e Gregório Gomes Henriques, pai e filho), mercadores, dizendo que tinham mentido ao testemunharem no caso de Duarte da Silva e que, além disso, se gabavam de ter informadores dentro do Santo Ofício. No dia seguinte à sua prisão, Manuel Cordeiro confessou que pendurara a primeira carta na varanda do Santo Ofício, tendo, meses depois, escrito uma outra, que dera ao seu confessor para que a entregasse na mesa. Reconheceu ser o autor de ambas, tendo na primeira disfarçado a letra para que não a reconhecessem. Confessou ainda que soubera dos factos que nelas relatava através de Fernão Martins, cristão-novo e mercador, que ouvira essas informações de Gaspar Clemente, por via de Manuel Rodrigues, e dos ditos Forragaitas. Manuel Cordeiro foi absolvido em auto-de-fé de 2 de Dezembro de 1652.

Soporte duas folhas de papel escrita em ambas as faces.
Archivo Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Tribunal do Santo Ofício
Fondo Inquisição de Lisboa
Referencia archivística Processo 643-1
Folios 24r-25v
Online Facsimile http://digitarq.arquivos.pt/details?id=2300520
Socio-Historical Keywords Tiago Machado de Castro
Transcripción Maria Teresa Oliveira
Revisión principal Fernanda Pratas
Contextualización Tiago Machado de Castro
Normalización Fernanda Pratas
Fecha de transcipción2016

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Sres

São tantas, e tão pesadas as materias que hei de tratar a VSas neste papel que não sei por qual comese, mas como todas tocão em serviço do sto officio, e descargo de minha conçiençia, todas serão açeitas em qualquer lugar q vão postas.

Seja pois prinçipio o que cauzou ao sto offiçio tão horrenda confuzão, e supposto q com tão exactas dilligas sem alcançar nunca senão huns longes de que se não pode colher senão huns indeçizos indiçios, porq se não pode obrar nada, sendo tão necessario.

Logo que Dute da Silva se prezentou no sto offiçio vendo VSas a cauza de seu ritiro, o como foi ajustada contra a dispossição e proçedimto do que estava decretado entrarão VSas em grandissima confusao, donde procederia o retiro do dito silva, tão ajustado e sem pronunciação, fazendo tantas dilligas com molher, criados, parentes e amigos sem alcançar mais que versse falar de noute em lugares solutarios com pessoas de roupas compridas e assi se ficou tudo nesta confuzão, e forão correndo com elle os proçedimtos ordinros do sto offiçio.

Obrigação he logo correr a VSas a cortina desta duvida pa que (como en claro, espelho) conheção e vejão a causa desta conficão.

Logo que dute da silva uzou mal do disfarçe de fazer prender as 2 moças e lhas pa meor desancar e disffarçar seu erro e roim procedimto logo procurou corromper os ministros do sto offiçio o que com façilidade fes ao sogto da secretaria gpar clemente que ja neste tempo era uzeiro, e vezeiro e mto antigo em semelhantes obras; e logo que o teve corrente e azido se ficou com a quietação que todos vimos parecendolhe q por este meio tinha saneado e seguro seu roim proçeder.

E antes que passe avante quero dizer a VSas quem foy o interprete deste conheçimento e sempre fiou correndo com as embaixadas e pontos nas oracöis que foi necessro foy este hum Mel Roiz natural de Lamego q vive ao chão do loureiro e assiste em casa de Jorge Gomes do alemo, e foi prezo plo sto offo em coimbra e degradado pa galles; e profanavão estes 2 sogtos de qualedade o segredo do sto offiçio que tinão ramo aberto como de taverna pa quem se queria valer delles pa suas velhacarias.

Este pois, ou estes pois forão os que davão clareza a dte silva de tudo o que hia suçedendo e lha derão qdo o decretarão a prizão couza q elle sabia antecedente mas, naquele dia que subio ao supremo; o decreto do ordinro pa ller se proçedia a prizão ou não; e baixou decretado de sima esteve elle retirado desde a tarde aguardando a resolucão que se tomava, e como lhe deu a notiçia certa o sogto referido se ficou retirado, ate a hora que se prezentou no sto offiçio por conselho do mesmo sogto pareçendolhe (como via as agoas tão revoltas) que com sua prezentação parasse o sto offiçio nas dilligençias, e fiquasse tudo quieto Nestes dias da retirada que forão 3 ouve sempre conselhos sobre se se avia de auzentar ou não; a culpa recuzava a prizão a perda da fazda o retiro e assi com conselho do grde amigo, tomando por fundamto que, o testimunho de luis de mello, o letrado era de hum falssario e não tinha vigor, e que essas duas mocas contraditaria elle com as fazer prender: e que cazo que o Mideiros (q neste tempo esteve convençido e relaxado) o culpasse q em tempo estava pa formar contraditas e deixallas correntes.

Posto isto neste estado, o secretro aconselhando e soliçitando a aprezentação por cauza do medo com que estava; e elle abraçandoa também pla ambicão da perda da fazenda se sogeitou a fazella: ellegendo pa seus valedores soliçitadores e protectores aos forrageitas e dispondo na forma seguinte

Aos forrageitas ficou formada a contradita pa o livramto de drte silva a sentenças dizendo o referido, como elle as acuzara e fizera prender ao Midros, como elle sentado defronte da logia dos dittos forras na rua nova tivera desavença de palavras com o Mideiros e ally lhe dera de bofetadas e elle o ameaçara jurando que elle lho pagaria e queixandose que lhe era soo bom pa estranhos e patifes e não pa seus parentes. hũa e outra cousa foi fantastica que tal pendençia não ouve, antes estavão mto amigos Mideiros recolhido e agazalhado em casa de Ro Aires e assi tratou o forrageitas velho, e moço; de correr o ferro; com as testimunhas que ficarão apontadas e ambos as andarão advertindo mto tempo, athe que chegou o tempo de as chamarem e inquerirem; (como tambem a ditos forras) e a chamar outras pa este mesmo effeito que não perguntarão, e logo de seus dittos verão VSas como hee feito o conluio pois não avendo no mundo tal pendençia elles a justificarão por verdadea pla indução dos sres forras que tam soliçitos andarão nesta materia e tanta instançia fazem della como tambem a fazem de que sendo elles a escoria de todos os homẽs do mundo, tem no sto offiçio menistros assi no ordinro como no supremo que os patroçinão, e lhe revelão o segredo do sto offiçio mas comtudo dizem que esperão em breve de roma breve pa que o sto officio não tenha juresdição sobre elles e bom sera antes que elle chegue agradecerlhe o fazer conluios com todos os proçedimtos do sto offiçio e andarem com tão pouca vergonha induzindo as testemunhas apontadas pa hũa falssidade tão grande.

Era tão grande a devassidão do secretro clemte que o minimo penssamento que contra este sogto se comunicava lhe revelava logo como foi dia sto ou domingo a tarde que VSas abrirão o tribunal plo indiçio de que se queria auzentar o silva na nao flor de maio ingresa em continente, despedio o aviso à quinta de benfica aonde então estava plo Mel Roiz, que foi levarlho plos ares, elle lhe disse como a moça das duas irmäas a mais velha estava comvencida por teima e culpas do carçere,: e emfim, a auza do fo pa roma, o retiro da filha e outras couzas que suçederão todas forão nasçidas dos pontos que dava este devasso ministro.

Lembrados estarão VSas que mandando menistros do sto offiçio a celorico da beira a prender serta cantidade de gente se não achou hũa soo pessoa, e foi a cauza q este manoel roiz avia dado tambem este conhecimto do dito clemente a hum Henrique mendes silva hum mançebo altarrão de celorico que agora esta casado, não sei aonde, e este tinha contratado que por cada pessoa de que lhe desse ponto pa se auzentar lhe daria 20 dros e assi tanto que nesta ocazião se decretarão estas lhe deu o pronto e despedio como as 20 com q quando chegarão os ministros do sto offiçio erão elles auzentes do dia de antes, e a este respto deu outros mtos pontos contra o serviço de Deus e do sto offiçio tirandolhe o dirto e jurisdição com a grande cantidade de gente que fes ausentar;

Este corria com ferndo miz mor a see e tanto que hũa das 2 moças a mais pequena, culpou a seu irmão jeronimo frz logo o enviou caminho de olanda aonde esta publico professor do judaismo.

Com jeronimo gomes pessoa tinha tambem grandissima amizade em rezão da dependençia dos carnides com quem tinhão grande comunicação, e algũas de roim sospeita e por esta dependençia tinha com elle amizade pa lhe diser o que suçedesse, e emfim era homem que se este galeote de lamego lhe dissesse que nem esse fora, autos do secreto do sto offiçio o faria (como fez a alguns) e ja no tempo de Dio roiz de lixa Po de Baeça, gamas, e outros verão VSas logo no ajustado das inquirições que tudo foi obra obra sua: que o que não he sobornado e advertido, não se ajusta tanto com os artigos, e fação VSas este reparo, nestes proçessos e acharão o q digo.

Jorge dias brandão com o sobrinho q esta em roma antes de se hir forão a viana, a fazer a comfirmação de suas judiarias, Lisboa esta ardendo em herezias. A molher de Dute da silva falando mil desavergonhamentos, sobre os secretos, e proçedimtos do sto offiçio, os forras fazendo alarde de que o silva, e toda sua gente estão despachados livres, e que não hão de sahir em auto publico por vertude de hum decreto de el rei, acudão VSas a estes desavergonhamentos castiguem insolentes atrevidos pa exemplo dos futuros, conheção os forras e os mais, que não podem permaneçer suas maldades contra a pureza do sto offiçio, este horrendo secretareo, e galeote paguem tão desatinadas desordens.

Peçasse conta a ferndo miz e a ferndo roiz villa real, fo de gpar roiz villa real das duas moças que sahirão do santo offiçio que parecendolhe a hum e outro não estavão ainda seguros, as enviarão não sei pa donde: e seja notorio a VSas que tudo quanto digo neste papel he verdade e o juro aos santos evangelhos e o ratefico plo santissimo sacramento do altar, e plas tres pessoas da santissima trindade e se ouver mais couzas que me lembrem protesto fazer, a mesma advertençia descarregando minha conciençia ds gde as pessoas de VSas pa confuzão de hereges, e perseguidores de nossa sta fee chatolica. de hum seloso servo do sto offiçio.


Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase