PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

PSCR0593

1743. Carta de Aires António Vinagre, cura, para José Coelho, prior.

ResumenO autor transmite ao destinatário informação sobre o assento de casamento de Bartolomeu Rodrigues.
Autor(es) Aires António Vinagre
Destinatario(s) José Coelho            
Desde Portugal, Beja, Povoação
Para Portugal, Beja, Pedrógão
Contexto

Processo relativo a Bartolomeu Rodrigues, filho de Lourenço Rodrigues e Inês Coelho, mulato, cristão-velho de 50 anos de idade, ganadeiro, natural do lugar de Almendro, em Espanha, e morador na freguesia de Pedrógão, termo de Beja. O réu, também conhecido como Bartolomeu da Orta, foi acusado de bigamia por, estando casado com Susana Gomes Pereira, ter casado segunda vez com Domingas Gomes, crime que o levou à prisão a 12 de setembro de 1743. A sua primeira mulher, Susana Gomes Pereira, teria fugido para Badajoz para evitar os maus tratos do marido, tendo sido dada como morta pela família. Já de regresso a Lisboa, foi alertada pelo Padre Bento de Carvalho do segundo casamento do marido, informação que desencadeou a investigação do caso e resultou na denúncia do réu. Em auto-da-fé de 28 de junho de 1744, Bartolomeu Rodrigues foi condenado a abjuração de leve, degredo para Angola por 4 anos, instrução na fé católica, penitências espirituais e pagamento de custas.

Soporte meia folha de papel dobrada, escrita na primeira face e com o sobrescrito na última.
Archivo Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Tribunal do Santo Ofício
Fondo Inquisição de Lisboa
Referencia archivística Processo 10274
Folios 20r
Online Facsimile http://digitarq.arquivos.pt/details?id=2310436
Socio-Historical Keywords Catarina Magro
Transcripción Leonor Tavares
Revisión principal Catarina Magro
Contextualización Leonor Tavares
Normalización Catarina Magro
Fecha de transcipción2015

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Mto Rdo Snor Prior Jozeph Coelho

Sumamte estimei ouvir novas de q pesuia porfeita saude pa q da q me asiste disponha o q for de seu servisso pois he boa seja Ds louvado esta oferece a sua obediensia e asim vejo o q vmce me dis na carta de q me fes mersei e digo q ca achei achei hum asento dos ditos nomes q vmce procura e asistio ao matrimonio o meu Antecesor e forão testemunhas Matias Roiz e Jozeph Baião e foi essa funsão feita aos 9 de Agosto de 1739 e ambos de dois eram ja veuvos e porq nisto va ja toda a clareza q vmce procura e o tempo não da mais luguar senão de me ofereser em q lhe possa dar gosto q pa tudo estou pronto Ds gde a vmce. ms ans Psam 2 de Agosto de 1743

Mto Rdo Snor Prior Jozeph Coelho Amicus ex corde do Duque de Cadaval Aires Anto Vinagre

Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase