PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Facsimile view

1672. Carta de Isaac Baruch para Abraão Levi Bondia.

ResumenO autor informa quais os produtos que foram expedidos e o estado de alguns negócios. Comenta ainda algumas consequências da guerra naquela colónia.
Autor(es) Isaac Baruch
Destinatario(s) Abraão Levi Bondia            
Desde América, Suriname
Para Holanda, Midelburgo
Contexto

Perante a suspeita de as comunidades sefarditas traficarem mercadorias e informações em prejuízo da Coroa inglesa, várias embarcações procedentes ou destinadas à Holanda por sua conta foram intercetadas. Efetivamente, as disposições constantes nos Atos de Navegação de Cromwell proibiam o trato comercial das colónias inglesas com a Holanda, a Espanha, a França e respetivas possessões ultramarinas. Os processos instaurados, à guarda no Supremo Tribunal do Almirantado, surgem no contexto de quatro momentos de grande crispação entre aquelas duas potências: a 2ª Guerra Marítima Anglo-Holandesa (1665-1667); a 3ª Guerra Marítima Anglo-Holandesa (1672-1674); a Guerra dos Sete Anos (1756-1763); e, por fim, a 4ª Guerra Marítima Anglo-Holandesa (1781-1784). A documentação encontrada a bordo e preservada em arquivo - correspondência particular e registos de carga - constituiu testemunho documental da prática dos crimes de contrabando de mercadorias em alto mar. As cartas aqui descritas são ainda demonstrativas da qualidade das relações mantidas no seio de famílias sefarditas (judeus e conversos), com existência de redes estrategicamente distribuídas: de um lado, os colonos posicionados abaixo da linha do equador, mais precisamente numa área das Sete Províncias das Índias Ocidentais (o Caribe), no âmbito das possessões ultramarinas holandesas; do outro, familiares e parceiros de negócio, situados nos principais portos no Atlântico Norte, importantes centros de atividade financeira e mercantil. Há inclusivamente em algumas destas cartas vestígios de empréstimos lexicais feitos ao inglês e ao neerlandês. São disso exemplo algumas palavras do campo léxico-semântico do comércio, como as ocorrências “ousove” e “azoes”, que remetem para o inglês “hogshead” ou o neerlandês “okshoofd”, uma medida antiga de volume. No presente caso, estamos perante um conjunto de cartas que viajava a bordo das embarcações holandesas Het witte Zeepaard, Bijenkorf, Fort Zeeland e Gekroonde Prins. Provinham do porto de Paramaribo, com destino a um importante porto estratégico da Companhia das Índias Ocidentais - Flushing, na América do Norte -, através das Caraíbas.

Soporte meia folha escrita em ambas as faces.
Archivo The National Archives
Repository Records of the High Court of Admiralty
Fondo 30/223
Referencia archivística part 7 of 13, section 2 of 2
Folios [1]r-v
Transcripción Ana Leitão
Normalización Raïssa Gillier
Fecha de transcipción2016

Page [1]r

Sr Abrão Levi Bondia serenam a 24 d agosto 1672

Pelo navio marços corsius Avizei a VM em como no navio Vdas Rotterdam por nome a esperanca mestre samuel deit que nele mandei a VM Sinco ocsof d asucar e setenta paus letros. queira deos aga chegado a salvamto que ate ter novas de sua chegada estarei com cudado.) todos gozamos saude a deos grasas. as mesmas oisamos de VMs não sou mais largo por estarmos de guardas com grandes sobressaltos e mizeria de fomes qu el dio nos de de pas e nos libre de nosos enemigos em d não mando oneste navio o resto da conta como avisei por não ter cascos pa o asucar que ai falta deles de que espero ira no navio Jan andris o sapatos estão Vendidos Ja avizei a falta que oive nos sapatos) levou deos para si o bein aventurado de salamo de Caseres. com que fizemos a deligensia do toCante arão da fonsequa de que obrigarão os sres do maamad a que dese Conta de que logo a deo e aresebeio Isaque moza de que fiquemos pasmados de Ver semelhate conta sabendo todos ao Contrario dito meza esqreve a VM nese particular = grandes faltas de mantimentos ai oige na tera que se viesem nesta oCasião se avia de Vender muito Bein e logo de Contado emfim Vm fara o que for servido. muitos Recados minhas filhas na sra main e sra Prima eu Beigo as maos de VM noitra oCazião o farei mais largo muita falta temos de papel e quanto se ofrese dos a VM gde Como pode

Amo e servidor de VM IZaque Baruh


Text viewWordcloudManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase