PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

CARDS0032

[1831]. Carta anónima dirigida ao Intendente Geral da Polícia, Joaquim Gomes da Silva Belfort.

ResumenDenúncia contra o cartista Luís José, feita ao Intendente Geral da Polícia.
Autor(es) Anónimo5
Destinatario(s) Joaquim Gomes da Silva Belfort            
Desde Portugal, Lisboa
Para S.l.
Contexto

O medidor de azeite, Luís José, foi denunciado à Intendência Geral da Polícia porque um anónimo, autor da denúncia, entendeu que o denunciado tinha sido indevidamente libertado nesse mesmo ano (1831) após ter sido julgado por cartista. Estava-se então no reinado de D. Miguel que, em 1828, suprimira a Carta Constitucional.

Soporte meia folha de papel dobrada escrita no rosto do primeiro fólio e com sobrescrito no verso do segundo fólio.
Archivo Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Casa da Suplicação
Fondo Feitos Findos, Processos-Crime
Referencia archivística Letra L, Maço 4, Número 7, Caixa 9, Caderno [1]
Folios 18r-19v
Transcripción Sara de França Sousa
Revisión principal Rita Marquilhas
Contextualización Miguel Cruz
Normalización Clara Pinto
Anotación POS Clara Pinto, Catarina Carvalheiro
Fecha de transcipción2009

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Illmo Exmo Snor

Com o devido respeito, e sem dollo, ou Vingança se expoem o seguimte Na corporação dos Mededores do Azeite no Ver o pezo achava-se Empregado Luiz Jozé, prezo na cadeia da corte pello Crime extranhavel que e que praticava contra o actoal Governo do Senhor Dom Miguel Primeiro A quem O Reprezente dezejara ser obdeente: Este Proçeso Correo, ou Corre, no Juizo do Crime do Bairro de São Jozé, Excrivão Guerra; porem Consta ao reprezentante que o sumario das Testemunhas a que se proçedeo são todas da parçialidade do mmo Prezo e pode ser que nos mmos Auttos apareça Attestados de Outras Pessoas Com abonação por serem da mma qualedade, quando as Testemu-nhas deverião ser procuradas pella sua Corporação, para se conheçer Milhor a comduta do Acuzado nomeia o Reprezentte para Testemas de facto certo a Florençio Dias Je Ferra, Je de Campos Jozé Joaqm de Barros Jozé Vianna João Alves de Carvalho, e seu filho, e aLem destes todos os mais empregados na mesma caza q estiverem ao facto da Comduta do acuzado pr ser todos que estão ao facto da Comduta deste o que V Exa deve thomar em Comcederação dando aqlas Provedençias que forem percizas, e Mandar se proçeda a nova aVeriguação pellos factos apontados pella dita Corporação no que Comfia porq o acuzado publecava q El Rej era aclamado por Bedodos, Ladroens, e Gaeatos

E R Mce

Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por fraseSyntactic annotation