PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

PSCR1484

1672. Carta de Bento da Costa, dono de engenho, para Agostinho Coronel Chacon.

Autor(es)

Bento da Costa      

Destinatario(s)

Agostinho Coronel Chacon                        

Resumen

O autor transmite diversas informações sobre familiares e sobre o estado da colónia.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Sor Agostinho Coronel chacon Serinão 20 de Agosto 1672 a

A de sima copia da q escrevi a VM o dia q Parese, depois disso não hei tido mais carta de VM. estimarei coando Reseba Está gose boã saude E toda a obrigação o mais q deza E nos continue El Dio a q temos Para melhor o servir como devemos, Livrandonos do Cuidado que estamos de se aver Prinçipiado a guerra, dandonos a paz E quietasão q avemos mister

a sra nosa cunhada Rachel salom fica cazada moço Raphael Aboab q dahi veo em ma Conpa Para barbadas q esteve em ma Caza alguns aos la E ca, o Coal depois da vinda dos framengos se deu tão Boã mão Elles q tem hoje mui cabedal, e está sor de engo q conprou p 150 mil livras de asuqre em conpa de Ingrez, estão mui contentes, E a sra mto mais de se ver em sua Caza E milhor do q ninguẽ dos q aqui estão, no q eu fiz mto p q tivese Efeito pq não deixava de ter alguns desgostos os seus; Alo da ffonseca tido mtas Pendensias sua mai E iros Respto do Cazamto q fez e continuão cada vez mais athe lhe averẽ Posto bẽ as mãos, e sahido bem escalavrado delles, Reseosos de q tome a outra ira da mulher, o q Elle mto dezea mas duvido tenha Efeito p não estar mto Pa cobisar p a mta carga de debitos q tẽ às costas E não ter Credito Pa huã placa, o q o pasa o pobre Cavaleiro mal p todas as vias, todos lhe sentimos seus trabalhos, p seo proseder e termos, defrente de todos os seus, mas so Ds lhe Pode ser , o engo q vendeo ser p tão alto Preço não o avansou nada, e outra plantajẽ q tinha vendido pla não lha aseitarão q a tornou a tomar, mtos debitos q nella tinhão feito q não val mto o q lhe Custa, esta informasão dou a VM p ma pedir q não custumo meter me em vidas alheias, estimarei a não de VM a ninguẽ de meo nome

não continuo a ma obra do engo athe ver como as couzas se poem, E os cobres Baixẽ do grande Preço q tomarão; fica na costa huã fragata q veo de barbadas e mais Ilhas Pieter De Raedt p Cabesa, o Coal grande indio E se Resea os amotine Contra nos, esta se aprestando navio Pa lhe sahir ao encontro, do q suseder avizarei avendo lugar, E o q Pode nos Livre deste e outros encontros que Reseamos, E nos mande de Breve novas de pazes, q do contrario estamos jugados aos dados, Inda q o forte está Bẽ prevenido de gente E mais nesesario, em todos VMs nos Recomendamos o amor q devemos, El Dios seja todos La E qua E as

Bentto Da Costa

Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewVisualización por frase