PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1819. Carta de João Vieira Martins para seu filho Francisco Xavier Vieira Martins, criado de servir.

Autor(es)

João Vieira Martins      

Destinatário(s)

Francisco Xavier Vieira Martins                        

Resumo

Carta de pai para filho, preso, a dar notícias da família e a pedir informações.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Franco
[2]
A tempos q te escrevi e não tenho tido nota da resposta
[3]
souve q no corro de 9 do corrente souve q tinha no corro huma carta a coal me tirarão
[4]
e como asim Escreveme em Nome de Domingos Antunes do Lugr de Cambeses frga de Rio douro e mandame dizer o q tendes pasado com a Exzecucão do lobo e se fizerão o Requerimto do Infantado e igoalmte se te comcervas no comado q me diçestes Estavas
[5]
e dis a tua May q o do lobo amdava pa a citar por éritos não sei pa q
[6]
e eu deilhe caza e Rua pa não ser citada pellos ditos Editos
[7]
e se partir daqui a citatoria eu vos avizarei pa la pedires vta della e como não savia aonde elle Estava lhe dei a das Escollas gerais
[8]
e mandame dizer como pasas e tua May
[9]
eu tenho Estado mto mal e ainda E ainda comtinua a molestia
[10]
o Lobo falou a teu thio pa Escrever a tua May se queria comporçe
[11]
eu pareçeme q não Esta neses tos
[12]
não sou mais Extenco
[13]
diservos q aseiteis as mas saudes e as dareis o amigo Marques
[14]
hoje 15 de Agosto de 1819 teu Pay e amo João Vra Miz

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation