PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1642. Carta de António de Almeida para [um membro da Inquisição de Lisboa].

Autor(es)

António de Almeida      

Destinatário(s)

Anónimo109                        

Resumo

O autor dirige-se aos inquisidores de Lisboa dando notícias dos Açores e informando que, anexado à carta, vai o testemunho de uma Catarina Gomes.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Pax Xi
[2]
Vontade tive de escrever mais cedo a Vossas Senhorias, mas a falta de embarquacois ma atalhou,
[3]
e agora com a assistencia de Antonio saldanha he maior a difficuldade porque fas estanque em todas as naos que vem a este porto pretendendo que todas o acompanhem em julho, ou agosto que he tempo em que determina dar vella para Esse reino Levar da gente que trouxe de Portugal, e outra da terra;
[4]
de lhe Ds a viagem que ha mister pera o bem das armas de sua magestade, a quem não servio
[5]
o senhor garde a Vossas senhorias, e lhe conceda a saude, e forcas que hão mister pera emcontrar aos hereges apostatas da nossa fee, com grandes aumentos della;
[6]
em companhia desta charta Vai a diligencia que se fes per ordem de vossas ssenhorias acerca do testimunho que em juizo deu Catherina gomes molher de de francisco Joam,
[7]
fiserãosse boas deligencias per se acharem mais provas,
[8]
vão as possiveis:
[9]
todos os deste collegio ficão de saude ao servico de Vossas Senhorias
[10]
deste Santo Tribunal Angra oje 7 de junho de 1642
[11]
Servo em Xo de vossas Senhorias Antonio d almeida

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation