PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

[1730]. Carta de Joana da Trindade para a sua avó.

Autor(es)

Joana da Trindade      

Destinatário(s)

Anónima8                        

Resumo

A autora conta à sua avó pormenores do envolvimento amoroso de uma ama, empregada pela avó, com um padre.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Minha avo E ma Snra
[2]
sinto a morer as couzas q Vm dis no seu Escrito pois pudia fiar de mim q mais avia punir pelo q lhe toqua do q por criadas
[3]
Emfim adiente q a minha furtuna he galante
[4]
Esta mosa dis q se Vm soubera o q he Esa ama lhe não avia por culpa nenhuma que Ela dizelo a ama do ser Anto Garadas hera pa q Ela lho disese Esta qua se não atrevia a dizelo q Em huã ocazião Em caza qdo la Estavão todos lhe teve Ela a chave da sua arca Escondida mtos dias como Vm soube a qual chave servia num caxamzinho da snra D theodora
[5]
E huã ocazião a fui achar com Ele aberto E lhe tirou hum corno de agevixe de tremolas
[6]
E eu lhe dise não bulise Em couza nenhuma q se lhe tirase algua couza se avia achar menos,
[7]
qdo Vm as mandou aos capuxos a via sacra Estando Elas de joelhos la dentro se ergeo ela E lhe falou
[8]
E ele lhe dise viese pa fora q dentro na Igra se não falava
[9]
E ela veio pa fora E lhe falou fora todo o tempo q ela quis
[10]
E lhe dise lhe queria mto q Ele a tinha Emfeitisado q Emqto ele Estivese Em Lxa se não avia ela hir Embora
[11]
E se confesava a ele todas as vezes q Vm a mandava a Igra sem Vm o saber
[12]
E o q mais Ela não hovio
[13]
q Ela dise mtas vezes queria fugir Com ele
[14]
Eu lhe dise hera isso tentasão do demonio
[15]
a agoa de cordova duas vezes a levou a Igra pa lha dar deu lha dentro no Confesunario
[16]
E num dia de são João q Vm a mandou ao recio ver as capelas com a preta o qual pe Emcontrou la E veio a falar com ele todo o Caminho e tempo q Ela quis
[17]
E tão Emlevada deixou perder a perta
[18]
E o dipois andou douda por ela E a preta a chorar
[19]
E a foi achar na rua dos canos
[20]
E numa ocazião Estando Elala E Vm em caza pasou Ele pelo rego
[21]
E ela lhe queria abir a porta do quintal para Ele Emtrar pa dentro pa lhe lhe falar na Esquada
[22]
Eu lhe dise me não metia com iso q ao Depois o não queria pagar
[23]
se ela o fizese Eu navia dizer a snr
[24]
E ela se retirou não fes mas na Igra lhe falava todas as vezes q la hia,
[25]
o corno de agevixe me deu Ela a mim E me dise se me perguntasem q mo dera disese Eu o troxera de alcobasa
[26]
E lhe tirou hum rotario de contas brancas com corola de prata
[27]
E o q mais Eu não sey
[28]
E ela me dise falava as mais das noites Com o Moxila de Lourenço Caetano da ginela da camara
[29]
E ele lhe deu os dois pentes de tataruga q ela me Emprestou qdo vim
[30]
E por Vm não saber os deu ela a seu Irmão as Escondidas pa q lhos dese a ela diente de Vm dizendo q Ele lhos dava
[31]
E lhe deu hum lenso de canbraia
[32]
E lhe deu hum Coarto de ouro q Ela gastou na nazare qdo la foi
[33]
E lhe dava tudo pela ginela
[34]
E ela he q me dezencaminhava pa q Eu não fose a Vm homilde porq dezia q qdo a gente se mostrava a Vm homilde antão Estava Vm pior
[35]
E q tudo he a mesma verdade
[36]
q se ela lhe levanta algum testemunho q ela lho não perdoi
[37]
E lhe dise tudo de Izabel logo qdo Ela veio de alcobasa
[38]
E defamou a sua caza de sorte q Ela o não pudia Cer
[39]
dise q suas mces Estavão tão pobres q Estavão devendo as orelhas E venderão as cazas pa se remediarem E quada ora lhe vinhão os devedores a porta E q o ser respondia não tinha com q pagar o q Eu achei tudo mentira
[40]
Eu detremino ter sedo grade q ja a pedia mas diseme a me pra me daria a reposta
[41]
Em ma dando logo avizo a Vm q nela lhe dira o mais
[42]
mas q a ama foi o demonio q com ela se meteu q se ela não fora tanto sua alcoviteira não ficara Ela tão culpada mas q agora lhe peza não dizer tudo a Vm
[43]
q todas as noites tirava a Vm as chaves debaixo da cabiseira pa lhe revolver tudo qto Vm tinha
[44]
Eu não falei com niguem q Ela se mo alevanta
[45]
Ds sabe a verdade q na caza de Vm nunqua tive Esa ofoiteza
[46]
pa a grade fica mais q he o q pude saber
[47]
Ds me gde a Vm ms ans
[48]
Neta E serva de Vm Joanna

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation