PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1776. Carta de Dona Josefa Maria do Nascimento Ferreira Sousa para José Anastácio da Cunha, matemático e poeta.

Autor(es)

Josefa Maria do Nascimento Ferreira Sousa      

Destinatário(s)

José Anastácio da Cunha                        

Resumo

A autora escreve a José Anastácio da Cunha, dando noticias de uma discípula sua e da doença do rei D. José.; foi anteriormente publicada por Teófilo Braga (1898:625), por António Baião (1924/1953:110-111). A Inquisição resumiu assim o conteúdo do documento: "Carta de D. Teresa [por Josefa] Maria do Nascimento datada em 9 de Novembro de 1776 em que lhe agradece o Drama do Voltaire e a tragedia Bourgeoise".

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Sr Joze Anastacio da Cunha
[2]
Eu tencionava hoje neste ercecicio demorar-me pa poder mostrar-lhe o qto lhe merecemos as estimaveis ex-perssoens q nos fas da sua saude e afectto:
[3]
porem sabado da Me de Ds e vezita do jubileo tudo me embaraça.
[4]
O q poso é protestarlhe o qto estimamos q milhor da sua cabeça, e q continue a tradução pa termos o gosto de o vermos pa o tempo q esperamos.
[5]
Nos pasamos bem ex-ceto sua Disipula q tem andado com gde defluxo e alem deste tem continuado a padecer as costumadas mulestias não ostante o uzo da quina e varios remedio q tem tu,-mado
[6]
mas qre Ds mortificarnos qdo terão fim:
[7]
Ma Iga portesta não ser emgrata nem preguicoza;
[8]
porem dis q todas as diligcas q fas pa estudar são baldadas; vista a continuação do seo padecer
[9]
porq se huma hora esta levan-tada as outras esta deitada;
[10]
emfim padece continuamte
[11]
Eu lhe emtreguei os livros; e ela lhe fas sinseros agradecimtos de concorer tanto pa a sua concolação:
[12]
ella me dis ficou emcantada com o Drama do Voltaire, e com a tragedia Bourgeoise e q cada no seo genero, tem pa ela grde merecimto
[13]
Ella e sua Irmã se recomdão mto mto
[14]
As notas da Corte são funestissimas
[15]
dizem q Elrei esta dezenganado de não poder viver senão dias
[16]
Ds qra eles se emganem
[17]
da Noiva do Minho, temos notas tristes q está mto desconçolada e q acha o marido mais velho do q lhe dezião com q isto não concorda com a nota q o criado do Robim deo
[18]
todo o emprego do seo obzequio miseramte estimavel sempre porq sousua par veneradora
[19]
D Jozefa Ma doNasco Fera Soza
[20]
9 de Novembro de 1776

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation