PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1642. Carta de Cristóvão Leitão de Abreu, ouvidor-geral, para Dom Filipe de Mascarenhas, capitão-geral do Ceilão.

Autor(es)

Cristóvão Leitão de Abreu      

Destinatário(s)

Filipe Mascarenhas                        

Resumo

O autor pede a Dom Filipe Mascarenhas que o ilibe junto da Inquisição; acusa o vigário-geral e Frei Francisco, ambos de Cochim, de serem responsáveis pela sua prisão.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Culpese Vm da confiansa q he de criado.
[2]
Importame que Vm escreva largamte ao sr V Rei e a Anto de faria das insolencias e exorbitãseas de frei frco da fonceca e da conjuracão aleivoza q fulminou contra mi. ajuntandose com João de saa e com João gomes de lemos indusindo soldados q falsamente testemunhasem contra mi
[3]
e advirta Vm q lhes diga como este frade he meu inimigo capital por lhe querer prender a sua manceba e defender a Justisa Real e não lhe consentir as suas Ladroisses
[4]
porque tão mao homẽ tudo se pode presumir delle posto que o sr V Rei e o Inquisidor são de justisa e Verdade e ella pode mais q a mentira de que Ds livre e gde a Vm
[5]
de Caza 20 de fro 642 dor Christovão Ltãm de abreu

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation