PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

[1689]. Carta de Joana de Oliveira para Inácio Francisco, oficial de calafate.

Autor(es)

Joana de Oliveira      

Destinatário(s)

Inácio Francisco                        

Resumo

A autora sugere ao destinatário uma explicação sobrenatural para os males de que ele se queixa e indica-lhe soluções devocionais.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Snor
[2]
estimarei que estas duas reguas ache a Vms com pirfeita saude cõforme eu pa min dezejo eu com hela fico tanben deos louvado pera tudo o que me ordenar de seu s sreviso
[3]
snor o que me mandou preguntar por joana do seus achaques ja o tenho savido
[4]
o que tem feito mal a Vms qua acho que he seu pai
[5]
ele qua dis que lhe tem feito mto mal a mais a sua mai mas que não he por sulpa sua senão porque o deos asi quis porque não tinha o tenpo acabado
[6]
mas ja tem pouquo pera conpirr
[7]
o que pede a Vms que não fasa mal a sua tia senão que lhe fasa mto ben tudo o que pudre que pera amor diso lhe da qua mta pena por lhe roguar mal
[8]
e loguo lhe mande dizre tres missas almas e trees o espirito s e tres a senhora e hũa novena a senhora d abadia
[9]
e posto que Vms a tenha premetida pera si cunpra esta
[10]
a outra sua deixea pera outro ano
[11]
e satisfazendo Vms tudo isto vaou pera a uenturansa e de la pedirei a deos por Vms
[12]
dis que lhe avia de pedir mais mas que Vms que não pode aguora
[13]
como lhe des der posses que se lembrarão dele
[14]
esto não emfa mais a Vms
[15]
qua me emtreguou joaña quoatrosentos e sinquoenta que não foi mto
[16]
des ga a Vms
[17]
tudo o que quizre de min respondame nas costas desta

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation