PT | EN | ES

Menú principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualización por frase

1724. Carta de Isabel Pereira para o seu marido [Marcos Simão Perfeito], capitão de Infantaria.

Autor(es)

Isabel Pereira      

Destinatario(s)

Marcos Simão Perfeito                        

Resumen

A autora, instigada pelas revelações trazidas por dois frades conterrâneos, escreve dando novas ao seu marido, apontando ainda indicações de que conhece a situação em que ele se encontra.

Texto: -


anteriores


[1]
e os dous Padres estavam mto bem imformados quando eu lhe falei do procedimento e vida deste sugeito João de Almeida que sendo cazado meteo a molher e as sobrinhas freiras
[2]
vos suponho tendes delle noticia
[3]
morou na Baihia veio de llá vinte annos com sua Molher
[4]
hera mto conhecido de vosso hirmão João Ribeiro
[5]
he filho desta terra veio da congregaçam de lisboa pa ella
[6]
tem acistencia no hospital da Mizericordia tem a seu cargo os Pobres e doentes e he Provedor ha seis ou sete annos the aqui
[7]
he noticia pello q toca a caza donde acisto e quãnto de mim a minha vida he Bem Notoria
[8]
e como tenho a Deos a quem Reconheço por senhor e a vos por hirmão e marido não lhe sei Render as graças
[9]
Permita elle darvos mta vida e saude pera meu alivio e Remedio que se ate qui me tenhais faltado o façais agora mais com a prezença que como propio Remedio pera a vida humana que em q com a falta deste me não tenhão faltado tribulaçoins
[10]
pella divinna Mizericordia vou pasando e pasarei mas não sem vos pois q Deos N senhor vos fes meu
[11]
ja me não atrevo com mais demoras
[12]
espero me não falteis com a vossa cta pois novamte fico ardendo nas chamas de humas saudades:
[13]
a Tia Izabel Pra pera aqui veio ajuntarce tambem comnosco com o seu capello com João
[14]
e Rodrigo esta tambem ja aqui está cazado
[15]
e muito se vos Recomendam e a Tia Maria Pereira e Anto Martins minha Irmão Maria e seu Marido
[16]
a outra mora em sam Martinho como ja digo Minha Tia Maria gomes e seus filhos
[17]
como tiverem esta vossa noticia ficaram mto contentes
[18]
a minha Mai não vos digo mais de seu contentamento que dis lhe não esqueseis na continua devaçam de N Sra de Nazareth e s Anto e que sam tantas as saudades que dis não pode mais que não lhe sabe se lhe durara a vida pera vos ver
[19]
Nosso Senhor lha de e a vos como mto quero
[20]
e todos nos vejamos como espero e pello amor de Deos
[21]
aDeos meu Irmão do meu coraçam que mto vos gde e esta senhora de Nazareth pera que vos traga sedo com mta saude
[22]
Pedernra de Março 22 de 1724 Irmam vossa mto do coração Izabel Pereira
[23]
os Pes me favorecerão lcom huã esmolinha do q dou tambem graças a deos

Edit as listText viewWordcloudFacsimile viewManuscript line viewPageflow viewSyntactic annotation