PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1549. Tradução de carta familiar de Estêvão de Torres, joalheiro e lapidário francês, para a mulher, Ana, "A Castelhana".

Autor(es)

Estêvão de Torres      

Destinatário(s)

Ana, "A Castelhana"                        

Resumo

O autor diz à mulher para descobrir as testemunhas que contra ele depuseram, bem como o conteúdo do respetivo depoimento.

Texto: -


[1]
Ana eu vos Rogo q pgumteis quem são aqles q me vyerão A culpar Aos imquisydores e lhe pgumtay o q diserão de mỹ na vdade pq elles me mostrarão hũu lybelo todo novo no ql ha nove ou dez tas contra mỹ As qes dizem cousas q jaamais eu pemsey nem sonhey
[2]
eu sey quem he vymdo A dizer q eu comy de hũua lebre
[3]
pgumtay A Xo ou A charles de lecery e mo mãday dizer e q||que dizem pa q eu diga sy ou não
[4]
eu não sey quem dise q eu comya de hũu lombo de pco na coresma comigo e q todos os dias eu tinha jemte A comer comigo da carne e dise q eu estava doente mas q Amdava em pee
[5]
eu creo bem q hos Imquisydores lancarão mais do q he pa v o q eu dirya
[6]
eu sey quem foy o q falou da lebre e querya o saber pa q diga sy ou não
[7]
hos ourivez me diserão q falarão de lebre
[8]
eu vos Rogo q me mandeis a Respta pa saber.

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow view