PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1708. Carta de Francisco de Melo e Castro, fidalgo, para Luís José de Vasconcelos, fidalgo.

Autor(es)

Francisco de Melo      

Destinatário(s)

Luís José de Vasconcelos                        

Resumo

O autor assegura ao destinatário que está a ajudar um indivíduo que foi preso e que, inclusivamente, pediu licença para ele aguardar notícias do seu julgamento em casa do destinatário.

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Sr Meu Reçebi duas de vossa sa hũa pello Correio outra por hum almocreve e em ambas me recomenda vossa sa q me empenhe nos particulares do sr Anto Jozeph
[2]
esta deliga pa mim hera escuzada porq bastava o seu bom proçedimto delle pa eu fazer toda a deliga pello restetuir a sua caza
[3]
logo q tive notiçia q elle fora prezioneiro escrevi ao Duque de Osuna me premetisse Lca pa elle vir convaleçer a sua caza e fiquei com grande desvaneçimto de se lhe conceder a tal Licença e de me não ser neçessario q o do sr mo lembrasse e tella feito antes q vsa mo pedisse
[4]
e confesso a vsa q o sr Anto Jozeph me não deve nisto mto porq o mesmo fasso a todos os q servem debaixo do meu mando
[5]
e estranho mto q haja nas mais ptes tantos descuidos q deixem estar os prezioneiros sem se lembrarem delles em tempo q nos necessitamos tanto dos soldados
[6]
o sr Anto Jozeph dirá tudo mais
[7]
e eu folgarei mto q vsa se por bem servido e q me mtos empregos em q lhe possa dar gosto
[8]
Gde Ds a VSa mtos ans
[9]
Serpa 28 de Novro de 1708
[10]
Maior Ao e Capto de VSa Franco de Mello Sr Luis Jozeph de Vasconsellos

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow view