PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Visualização das frases

1829. Carta de Ana Matilde da Fonseca Góis para José Paulo Andrade Queirós.

ResumoA autora manda um portador com as rendas do irmão e algumas meias. Promete mandar mais. Avisa também que dois amigos comuns foram presos.
Autor(es) Ana Matilde da Fonseca Góis
Destinatário(s) José Paulo Andrade Queirós            
De S.l.
Para S.l.
Contexto

No dia 6 de Fevereiro de 1829, no adro de Nossa Senhora do Monte do Bairro da Mouraria, Manuel António de Andrade Queirós, morador nas Barracas de Nossa Senhora do Monte, nº 53, 1ºandar, foi preso pelo tambor da 4ª companhia de Infantaria, nº 7, António Paulos, por se ter aproximado deste e ter dito o seguinte: «Senhor Camarada, o seu Regimento, dizem que vai para Braga». Como o tambor respondeu que nada sabia, Manuel entregou dois escritos, considerados subversivos, em oitavos de papel, pedindo-lhe que os entregasse ao seu primeiro sargento e ao seu capitão. Depois de ter sido revistado pelo cabo José Oliveira, não lhe foi encontrado mais nenhum papel. Foi escoltado até casa e lá apresentou um manuscrito em meia folha de papel. Em tribunal, defendeu-se dizendo que os seus escritos eram resultado de uma alucinação.

Suporte um quarto de papel escrito no rosto
Arquivo Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Casa da Suplicação
Fundo Feitos Findos, Processos-Crime
Cota arquivística Letra M, Maço 9, Número 9, Caixa 19, Caderno [1]
Fólios 13r
Socio-Historical Keywords Rita Marquilhas
Transcrição Leonor Tavares
Revisão principal Rita Marquilhas
Contextualização Leonor Tavares
Data da transcrição2007

Texto: -

Etiquetas:


[1]
Meu Mano do coracao
[2]
recebi a tua carta a qul Mto i mto istime i toda a noca familia de caber das tuas boas Notias
[3]
que paces be de saude i nos recomendamos Mto i mto caudozas
[4]
Ai te remeto dois pares de mais
[5]
nao podem ir mais agora
[6]
la mais dihete remeterei u rresto
[7]
ai te remetemos a tua rrenda pelo mesmo portador
[8]
manda dezer c esa tera goza de mais socego du que esta
[9]
Manoel joze quelemente i ceo conhado istao perezos
[10]
ADeos que nao so mais istenca
[11]
sou tua Mana Muito Amte Anna Methlde da Fonceca gois

Representação em textoWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow view