PT | EN | ES

Menu principal


Powered by TEITOK
Maarten Janssen, 2014-

Dados biográficos

Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena

Masculino ou Femininom
LínguaPT
Data da carta1767-1769
Estatuto Social (sentido estrito)familiar do Santo Ofício
Estatuto Social (sentido amplo)inquisitorial
ResidênciaGuimarães, São Faustino
Residência secundáriaGuimarães, São Faustino
Local de nascimentoGuimarães, São Faustino
Eventoso réu Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena (ou Alexandre Luís Pinto Balsemão) engendrou uma acusação falsa para incriminar a sua familiar Isidora Teresa; provou-se ser Isidora Teresa alvo de falsa acusação e foi libertada; foi acusado de impedir o reto ministério do Santo Ofício; em 1773 foi-lhe concedido o perdão por ter família e casa para governar

Cartas escritas pelo participante

CARDS21761767. Carta de Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, familiar do Santo Ofício, para José de Ávila Carrasco, comissário do Santo Ofício.
CARDS2177[1767]. Carta de Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, familiar do Santo Ofício, para José de Ávila Carrasco, comissário do Santo Ofício.
CARDS21781767. Carta de Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, familiar do Santo Ofício, para José de Ávila Carrasco, comissário do Santo Ofício.
CARDS21831769. Carta atribuída a Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, comissário do Santo Ofício, mas assinada com o nome de Manuel Guedes de Figueiredo, para Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, familiar do Santo Ofício.

Cartas recebidas pelo participante

CARDS21831769. Carta atribuída a Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, comissário do Santo Ofício, mas assinada com o nome de Manuel Guedes de Figueiredo, para Alexandre Luís Pinto de Sousa Coutinho de Vilhena, familiar do Santo Ofício.

voltar à lista