PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Representação em facsímile

[1754]. Carta de Manuel Martins para um capelão.

Autor(es)

Manuel Martins      

Destinatário(s)

Anónimo91                        

Resumo

Manuel Martins escreve ao capelão a contar o que descobriu lendo as cartas de Lourenço António e de sua mulher Brásia Maria, suspeita de pacto com o demónio.
< s >

em segundo lugar que hum dia que se lhe sumio aquilo do bolso que naquele mesmo dia o prenderao que fugindo elle do barco ou escondendose que andava Com as maons por sima e que não vião


Representação em textoWordcloudManuscript line viewPageflow viewVisualização das frasesSyntactic annotation