PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Representação em facsímile

[1617-1620]. Carta não autógrafa de Antónia Leal, mulher de um sapateiro, para um membro da Inquisição de Coimbra.

Autor(es)

Antónia Leal      

Destinatário(s)

Anónimo115                        

Resumo

A autora enumera os argumentos que a levam a considerar que o seu cunhado é judeu.
< s >

eu sou hũa molher cazada neste lugar de semide com homem capateiro q se chama andre marques he ha dous ou tre mezes que temos em caza hua minha irmão com seu marido ho qual não sabemos d onde he nem se he gudeu nem se he truquo porq diz q os trusquos q dizem q a snra q não pari sem varão


Representação em textoWordcloudManuscript line viewPageflow viewVisualização das frasesSyntactic annotation