PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

CARDS2004

[1670-1679]. Carta não autógrafa de Domingas de Araújo para o seu cunhado Manuel de Araújo, padre.

Autor(es)

Domingas de Araújo      

Destinatário(s)

Manuel de Araújo                        

Resumo

A autora queixa-se ao cunhado Manuel de Araújo de que foi expulsa da igreja e pede açúcar ou sardinhas.
O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

Sor Cunhado estimarei mto que estas duas regras ache a vm con perfeita saude en conpanhia de minha cunhada pezandome da morte de minha sogra eu doente e menina ainda esta de cama a permieira ves q fui a misa logo me avitarão pera fora da igra pelos gastos de antonio de araujo eu respondilhe esperava por ele me responder o q me daria sertidão veja vm o que responde nisto vm escerva o leseado frço teixeira q espere mais algũ tenpo e pera ver se nos tras deos algũo novas boas eu fazendo os gastos entende a justiza dos orfos pera dar titor a mosa mandeme aratele de asucar se não houver remede mandarame dous testois de sardinhas pera as molheres das obardas eu pero por resposta de vm que eu uovera de ir la mas não estuo aninda pa o camiho con isto não enfado a vm desta cativa cunhada domingas d eraujo do crasto


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Guardar XMLDownload textWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewVisualização das frasesSyntactic annotation