PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

PSCR1275

1600. Carta de Francisco de Azevedo para Manuel Pires Landim, confessor das freiras de Santos.

Autor(es) Francisco de Azevedo      
Destinatário(s) Manuel Pires Landim      
In English

Inglês:

Translation by

If there is no translation for the letter itself, you may copy the text (while using the view 'Standardization') and paste it to an automatic translator of your choice.


O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

Satisfazendo ao q me VM ontem encomendou fallei logo com gaspar de mendonça elle foi o q me deu as cartas e quando mas deu disseme q as achara nũa pessoa q por serem para VM, lançara mão por ellas e q herão da India isto me parese q me disse não estando bem lembrado se foi assi, ontem disseme q as achara na portaria de são Dos postas hahy onde se poem as outras e q lendo algũs masos dellas leu este de VM, e tanto q as leu as pediu ao porteiro com tencão de as mandar, e al não disse- Isabel Villela beija muitas vezes as mãos a VM por a sua ametade da consoada e o mesmo faz pellos Reis q nosso sor os de a VM, muito bons milhores e mais sertos dos q lla são os q lhe VM, da, porq nesse acredor q lhe VM medo que se lhe desapareça a estrella e q fique as boas noites, e heu digo q me escreva VM, escrito q lhe eu mostre en como lhos manda pedir e juntamente queixandose de mi pois me tem fallado nelles não lhe res responder cuido q este he o milhor modo nosso sor etts

de cassa oje 24 de dezembro de 1600 annos Frco d azevedo

não vai vinho por não ter vazilha mandarei fazer ho barril então serviremos a VM pois ho vai merecendo da molher não tenho ate agora reposta


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Guardar XMLDownload textWordcloudRepresentação em facsímileManuscript line viewPageflow viewVisualização das frasesSyntactic annotation