PT | EN | ES

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

Syntactic Trees

1821. Carta de António José Cabral de Melo e Pinto, desembargador e corregedor, para Maria dos Prazeres Soares de Abreu e Melo, sua mulher.

Autor(es)

António José Cabral de Melo e Pinto      

Destinatário(s)

Maria dos Prazeres Soares de Abreu e Melo                        

Resumo

O autor acusa a mulher de perversidade, de o enganar e de nem sequer ter amor pelos filhos.

Árvore tree-11 = Frase s-12

mas o tpo te dezenganará de qm se illude q eu penso q a tua conducta mui regular qdo me persuado e sei q a mais preversa q pode haver q acredito q hés mto amante dos piquenos q nam os dezemparas, q Cuidas na sua educação. e adiantamto q nam os Largas de teo lado nem de noute nem de dia, q morrerias de Saudes se acazo sahicem d' o de ti, qdo eu sei como tu os tractaste sempre q nam tens mais q extriorides q andam por esses Olivais, q dormes numa parte e elles noutra q nam temes os Ladrõens, e finalmte q nam os queres ahi senam pa hum pretexto q fazendo a sua ruina faz tambem a tua disgrasa.

Passe o rato pelas folhas da árvore para obter informação sobre a palavra da frase.

IP-MAT CONJ Mas NP-SBJ D o N tempo NP-ACC CL te VB-R desenganará PP P de NP CP-FRL WPP-1 WPRO quem IP-SUB NP-SBJ *T*-1 NP-ACC CL se VB-P ilude CP-THT CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ PRO eu VB-P penso CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ D-F a PRO$-F tua N conduta SR-P é ADJP Q muito ADJ-G regular ( CP-ADV-PRN C quando IP-SUB NP-SBJ *pro* NP-ACC CL me VB-P VB-P persuado CONJ e VB-P sei CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* SR-P é NP-ACC D-F a ADJP ADV-R mais ADJ-F perversa CP-CMP WADVP-1 0 C que IP-SUB ADVP-MSR *T*-1 VB-P pode IP-INF HV haver ( CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* VB-P acredito CP-THT CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* SR-P és ADJP Q muito ADJ-G amante PP P de@ NP D-P @os ADJ-P pequenos , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* NEG não NP-ACC CL os VB-P desamparas , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* VB-P cuidas PP P em@ NP D-F @a PRO$-F sua N educação CONJP CONJ e NX N adiantamento , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* NEG não NP-ACC D-P os VB-P largas PP P de NP PRO$ teu N lado , , PP PP CONJ-NEG nem P de NP N noute CONJP CONJ-NEG nem PP P de NP N dia , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* VB-R morrerias PP P de NP N-P saudades CP-ADV C se IP-SUB NP-SBJ *pro* ADVP ADV acaso VB-SD saíssem PP P de PP P a@ NP D @o N PP P de NP PRO ti , , CP-ADV C quando IP-SUB NP-SBJ PRO eu VB-P sei CP-QUE CP-QUE WADVP-1 WADV como IP-SUB ADVP *T*-1 NP-SBJ PRO tu NP-ACC CL os VB-D trataste ADVP ADV sempre , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* NEG não TR-P tens ADVP ADV-R mais CP-CMP WADVP-2 0 C que IP-SUB ADVP-MSR *T*-2 NP-ACC N-P exterioridades , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* VB-P andam PP P por NP D-P esses N-P olivais , , CONJP CP-THT C que IP-SUB IP-SUB-1 NP-SBJ *pro* VB-P dormes PP P em@ NP D-UM-F @uma N parte IP-SUB=1 CONJ e NP-SBJ PRO eles PP P em@ NP OUTRO-F @outra , , CONJP CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* ADVP ADV NEG não VB-P temes NP-ACC D-P os N-P ladrões CONJP CONJ e , , ADVP ADV finalmente , , CP-THT C que IP-SUB NP-SBJ *pro* NEG não NP-ACC CL os VB-P queres ADVP ADV PP-EXC SENAO senão P para NP D-UM um N pretexto CP-REL WNP-3 WPRO que IP-SUB NP-SBJ *T*-3 , , IP-GER VB-G fazendo NP-ACC D-F a PRO$-F sua N ruína , , VB-P faz ADVP ADV também NP-ACC D-F a PRO$-F tua N desgraça . .
lista de frasespara o modo texto • tree style: text - frase - brackets - table - table graph - vertical graph - svg tree • frase anteriorfrase seguinte