Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   27r < Página 27v > 28r

tomar se auia por grãde . E aquelles coyros comiã . e vierom a tal estreyta que huũ paão que soya valer huũ dinheyro valia qrenta pesantes de prata . e hũa poma valia sete pesantes . e huũ goyua valia çinquo mas ja achauã nada q de comer fosse por dinheyro . E por a maa guarda do prinçipio das viandas cuydando q o emperador se tornaria . E veendo esto q muytos moços morriã de fame tanto q os viuos podiã soffrer os mortos tantos morriã cada dia .

¶De como disse o amjo a raynha e a clarissa sua cõpanheyra q comessem seus filhos . porq se auia de cõprir a profeçia . [................]Falta numeração de capítulo, para o qual havia espaço suficiente, visto que a linha contém apenas o texto prir a profeçia, estando o restante espaço em braco. O capítulo seria Capitollo .xx.


Guardar XMLDownload text