Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   29r < Página 29v > 30r

vos q lhe ẽuiees desta carne assada e q busquees outra pera vos outras . porq diz q nũca vio boõ cheiro de carne assada como esta q aqui assaaes . pollo ql he neçessario q lhe mãdees logo dar della . E clarissa lhe respoudeorespoudeo: erro por respondeo. q lha ẽuiara de booa voõtade . e disse aos escudeyros . vinde comigo . E qndo forõ ella no paaço . clarissa tomou seu filho pello pee e disse . empresta me huũ cuytello com q o corte e ẽuiar lh’ey huũ quarto desta carne e elle mãde a correger como quiser e aa sua voõtade . E qndo os escudeyros vierõvierõ: provável castelhanismo. q de seu filho querria cortar huũ qrto e q ja falleçia outro o quall ellas tinhã a assar . ouuerõ no por forte cousa . e de mazella q ouuerõ voluerõ o rostro e sayrom se de casa e forõ diante d pilatus . e elle lhes disse que como vinhã assi espãtados e traziã daqllo por q

Guardar XMLDownload text