Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   40r < Página 40v > 41r

buto de sete annos . e qndo lhe ẽuiey o meu hõrrado mestre salla o ql lhe leuou hũa carta minha e lhe disse q me enuiasse o trebuto q me deuia de sete ãnos e ajnda mais do ãno psente . respõdeo muy descortesmẽte e grãdes ameaças dizẽdo lhe . q me ẽuiaria nehuũ trebuto q mo deuia nẽ me coheçia por senhor . E q guardasse eu bẽ roma e meu emperio q assi faria elle a jhrlm de my e de todoll outros cõtrayr . E ajnda he mais culpado emqnto justamẽte julgou o sancto pfeta jhesu o o q os jude tomarõ direito . e esto sabia elle muy bẽ q nehuũ mall mereçia e qseo sentẽça julgar aa morte . e elle os liurou vẽdo q os jude lhe leuãtauã falsos testimuhos . e como elle teuesse lugar de senhorio poder tinha de asoluer e de cõdenar q o deuera d’asoluer pois q o achou sem culpa ajnda q fora melhor cousa q o achara culpado q como o achou sem culpa . pollo ql vos mãdo q segũdo os casos nos qaes elle cayo falsamẽte q assi lhe seja dada a sentẽça . e o q vos outros fezerdes eu o cõfirmarey . E os senadores todos em huũ disserõ . q bẽ o tinhã entẽdido suas pallauras . e erã pstes pa cõprir sua voõtade p direito e por razõ . mas elles disserõ ao empador . Sehor o hõrrado vosso padre çesar agust estabelleçeo q todas as sẽtẽças criminaes fossem outorgadas e dadas em roma pollos senadores . por qnto roma he cabeça do emperio . e depois q fossem leuadas as execuçoões onde o empador te

Guardar XMLDownload text