Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   6r < Página 6v > 7r

çelorgiãos no mũdo q o possã dar saão porq aquella doença todos os dias creçe tanto q o tem gastado e comesta a façe de maneyra q nehuũ homẽ ho pode veer os dẽtes e as qeixadas que quanto lhe mais mezinhas poẽ na chaga mais lhe creçe e he peor : por q sabays q eu som vindo a esta terra q se p vẽtura poderia achar aquy algũas cousas q fossem pueitosas a meu senhor pa o dar saão daqlla forte doença e eu vos rogo q seja emcuberta nehũa cousa q seja proueitosa pa meu senhor . E sabede que eu tornarey mais a roma atee q ache recado pa saraar meu senhor o empador . porq senhor vos praza que se vos sabees algũas cousas q sejã pueytosas a my q me sejã encubertas . E eu vos farey o mayor de casa d meu senhor o emperador sobre quãtos som .

¶Das palauras q dizia jacob ao mestre sala que se cria o empador em jhesu o . Capitollo . vj.

REspõdeo jacob e dixe ao mestre salla sehor ospede sabees vos se meu senhor o emperador se cree em aqlle santo pfeta que aqui em esta çidade tomou morte e paixã que eu o vy e adjudey a deçer da cruz e outro seu amigo q avia nome josep ab aramathia e o poserõ em huũ moymento q josep tijnha feytafeyta: erro por feyto. pa sy e resurgio ao terçeiro dia . Sehor disse o mestre salla meu senhor adora os jdollos e deixaria por nehũa guisa de o adorar dos jdollos . Respõdeo jacob e disse . senhor tornae vos para


Guardar XMLDownload text