Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   11r < Página 11v > 12r

ria tua madre . E toda a noite esteue a sancta molher na dita oraçam . O emperador esteue pensando toda a noite nas pallauras que o seu mestre salla lhalha: erro por lhe. tinha ditas . E dizia antre sy mesmo . que como se poderia fazer q nosso sehor ds desçẽdesse do çeeo e q no vẽtre da virgẽ tomasse carne humana . e q molher virgẽ podesse cõçeber sem corrõpimẽto e semẽte de homẽ : e sem sua semente podesse parir . E ajnda se marauilhaua muyto como podia seer q nehuũ outro o leuasse a morte e elle o cõsintisse . e q o criador de todo o mũdo podesse morrer por nehũa pessoa q era contra direito . E ajnda pensaua mais na resurreyçam e na asçensam . e estando assi adormeçeo e foy lhe semelhãte ou mostrado em sonho que fosse em huũ paaço : e elle tijnha hũa camara muyto ricamente laurada : e

Guardar XMLDownload text