Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   26r < Página 26v > 27r

prida a profecia q aqlle q nos tinham por sandeu . o dezia cada dia . E quãdo pilat ouuio os gritos das gentes foy muy triste . e mandou vijr ante sy josep jafcriajafcria: erro por jaferia. e el rey archileus e disse lhes . q lhe dessem cõselho sobre aqllo q as gẽtes deziã . E josep jafaria disse lhe . Senhor outro cõselho aqui ha senõ q estem os homẽs pello muro e q façã grãdes couas açerca do muro e q lançẽ alli todos os mortos . porq sera espãto das gẽtes se cada dia teuessem os mortos ante sy . e ajnda mais o fedor q delles sayraa q seria muy grãde enfermidade . e estem aqui sagesmẽte e fazee guardar e repartir as viãdas q asaz som de poucas pera gente q aqui estaa . especialmẽte q ha hi dos de fora mais de vinte mill pessoas . os qaes deitar nem ẽuiar podem por nehuũ lugar . El rey archileus ouue o conselho de josep e disse . q al podia nehuũ homẽ dizer . e pilatus ẽcomendou este feito a josep jafaria porq era homẽ e çerto sabedor e disse lhe josep Fazee assi como vos entẽderdes e virdes q he bẽ . e logo josep fez fazer as couas fora da çidade deante o muro e a valla do empador . e aly fez lançar os mortos todos . e forõ p conto quarẽta mill pessoas . E depois foy se polla çidade a partir as viandas . e tomauã dos q tinhã e dauã aos q tinhã . mas pollas gẽtes q erã muytas forõ gastados em poucos dias atee q vierõ a ysto q ficou besta nẽ heruas nẽ outra cousa q comessem aqllas comiã fame . E gran

Guardar XMLDownload text