Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M5602T12967

Vida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)

TitleVida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)
AutorDesconhecido
EdiçãoMarta Cruz
Tradução/RedacçãoEscrito originalmente em português
Data da Tradução/Redacção1248 - 1284
TestemunhoBiblioteca Pública de Évora, CIII / 1-22, copiado por Torcato Peixoto de Azevedo (autógrafo), ff. 286r-305v
Data do Testemunho1692-1705 (datado 14-02-1692)
BITAGAPManid 5602, cunum 29493, Texid 12967
GéneroHagiografia

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   302r < Página 302v > 303r

rey preguntou, aonde, ou em q terra moraua tal molher, como aquesta, e elles lheslhes: erro por lhe. disserõ, q moraua no Arcebispado de Braga, e faz vida muito apertada . Eu queria muy de grado uer essa molher disse El rey, e de grado lhe daria qualquer couza, q me mandasse . entom mandou logo El rey por ella, que a leuassem a Tolledo, onde el entom estaua . os quaes a leuarom com sua honra e aprezentarom ante El rey . o q lhe disse, como quer q uos Eu nom conheça por pessoa, nem por outra giza, senom solamente pellos bẽs, q de uós ouço dizer; rogo uos, que qualquer couza, que uos de mim comprir, que vós, q a peçades, que Eu, que uo llopeçades, que Eu, que uo llo: possível expressão de reforço ou erro por repetição de que. outorgarei de grado . Digo uos, q ella, como molher de grande suplicadadesuplicadade: erro por simplicidade., e de grande humildade disse entõ a El rey, uos, e com falla muito homildoza . rey, e senhor, pesso te, q aquella Jgreja piquena, que me deu meu Padre, q ma outorges, en os dias de minha vida . do q El rey foi muy espantado, de lhe nom pedir mais, e por lhe pedir o seu Jrmão, que tinha prezo, e demais deu lhe couto muy pera a dita Jgreja, e deu lhe o dito rey sua carta a qual foi dada em Tolledo; e esta sancta se tornou pera sua caza com grande honra, e morou na dita Jgreja que lhe El rey assi deu. Milagre das tres molheres, q forão sans das suas dores.

Hum Clero nos contou q tres molheres, q em Guimarães hauião dores desuairadas, ca hũa hera demoniada, e a outra auia fluxo de sangue, e a terceira como quer quer paria muitos filhos auia despois grã noJo, porque lhe morrião todos; as quaes molheres aiuntadas todas de suu, contarão suas dores todas, ca

Guardar XMLDownload text