Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M5602T12967

Vida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)

TitleVida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)
AutorDesconhecido
EdiçãoMarta Cruz
Tradução/RedacçãoEscrito originalmente em português
Data da Tradução/Redacção1248 - 1284
TestemunhoBiblioteca Pública de Évora, CIII / 1-22, copiado por Torcato Peixoto de Azevedo (autógrafo), ff. 286r-305v
Data do Testemunho1692-1705 (datado 14-02-1692)
BITAGAPManid 5602, cunum 29493, Texid 12967
GéneroHagiografia

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   288v < Página 289r > 289v

do ja do Anjo, e alegre do prometimento, e bençon da filha, com cara mais alegre, e Coracão de bõa vontade, disse : filha eu vim aco, pera te aparelhar as couzas, que te son necessarias, pois queres entrar em caminho de Deos . logo tanto, que seu Padre disse estas palauras, ella se lançou ante os seus pés, e disse Jesus Christo rey muy poderozo grandes graças te dou, q tu como senhor mizericordiozo, e piadozo, ouues os rogos, e os gemidos daquelles, que a ti bradão . o Padre alçou então a filha do chão; e benze a, e disse : ó Jesus Christo senhor rey da gloria perdurauel, q sobre os teus Appostollos enuiaste o sperito sancto, enuia senhor a tua graça sobre esta moça, q ella toda a sua boca, e coracão, e vontade te confesse, e te ame, e te dezeie, e te abraçe, e te cobiçe, com alegre [], e vontade com alegre […], e vontade: lacuna semântica onde parece faltar um substantivo caracterizado pelo adjectivo alegre; ou erro por com alegria e vontade. taa o dia do Juizo, em tal giza, q ella meresca de te receber com as outras virgẽs no Ceo sanctas, e ella sua lampada bem clara te possa ouuiarouuiar: o parece estar corrigido sobre o grafema a. e receber; enton responderão todos os q hi estauão amem assi seja.

Despos desto o Padre, e a filha, e todos os q hi estauão foran se a Jgreja, e a sancta Dona q criaua esta virgem pos hum veo sobre o Altar, qual o as Donas hão de trager, e esta virgem bem auenturada, o tomou logo com sua mão, e en signal de virgindade pose o logo na cabeça, tendo os giolhos postos en terra, e todos chorando; e ella com grande alegria louuarão Deos viuente pera sempre, o qual sabedoria aos piquenos, e fortaleza, e coracão firme ao linhagem das molheres, q he muy fraco.

Estas couzas assi feitas seu Padre desta virgem sendo alegre da vizão do Anjo, q elle ante falara; fes seu concelho, que terras, ou que lugares leixaria

Guardar XMLDownload text