Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M5602T12967

Vida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)

TitleVida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)
AutorDesconhecido
EdiçãoMarta Cruz
Tradução/RedacçãoEscrito originalmente em português
Data da Tradução/Redacção1248 - 1284
TestemunhoBiblioteca Pública de Évora, CIII / 1-22, copiado por Torcato Peixoto de Azevedo (autógrafo), ff. 286r-305v
Data do Testemunho1692-1705 (datado 14-02-1692)
BITAGAPManid 5602, cunum 29493, Texid 12967
GéneroHagiografia

índice   289v < Página 290r > 290v

E bem desta sancta, q os ouuira bem disse a Deos: e disse, bem auenturado es tu Deos senhor, e Criador dos Ceos, e da terra, q tu olhas os Coracões dos homildozos, e recebes os seus rogos, e non os descobres, e tu senhor semeas as sementes da tua piedade; tambem nos corpos grandes como nos piquenos, pera tu senhor receberes dobrado o fruito da vontadevontade: a haste superior e o traço perpendicular de t foram aumentados, talvez de forma a tornar a figura da letra mais visível acima de um pequeno borrão de tinta sobre o corpo do grafema. da virgem, como quer senhor, q a ti apraz muito da virgindade, quando he iunta humildade verdadeira . Por em te rogo, e pesso senhor, q queiras olhar por esta tua virgem, a qual senhor, ia de sua nascenca, a ti he offerecida; e enuia senhor sobre ella, o seperito sancto da tua graça, q a guarde e empare, pera tu senhor folgares em ella, e receberes fruito da sua Charidade, e obediencia; E daqui en dientediente: provável variante linguística por dissimilação de diante, dado que esta forma volta a ocorrer no f.298r. a comesou a boa Dona de ensinar sua Criada em publico, e não as escondidas, e dar lhe bõs ensinos, e castigos, e os mandamentos da sua regra, e outrosi os mandamentos de Deos, e ensinou lhe liuros de ditos de sancto Ambrozio, e doutros sanctos, e outros liuros, q a Jgreja ha de seu costume, e q pertenciapertencia: erro. Falta uma marca que assinale a nasalidade da vogal final da forma verbal que deve concordar com o sujeito plural os liuros. a sua ordem, por onde esta sua Criada podesse milhor entender as escrituras sanctas . os quaes liuros ella aprendeo em espaço de hum anno, o q hera gran marauilha, e os soube todos de cor, e outrosi a regra de são Bento de cuja ordem ella hera, toda a leo, e soube de cor, e entendia muy bem, e desto se nom deue nenhũ de marauilhar, ca o sperito de Deos onde lhe praz, e como lhe praz, ali aspira, e faz sua obra; E ainda dezia mais esta boa Dona a esta sua Criada . Filha minha muito amada, deues de saber, q esta regra de são Bento he

Guardar XMLDownload text