Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M5602T12967

Vida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)

TitleVida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)
AutorDesconhecido
EdiçãoMarta Cruz
Tradução/RedacçãoEscrito originalmente em português
Data da Tradução/Redacção1248 - 1284
TestemunhoBiblioteca Pública de Évora, CIII / 1-22, copiado por Torcato Peixoto de Azevedo (autógrafo), ff. 286r-305v
Data do Testemunho1692-1705 (datado 14-02-1692)
BITAGAPManid 5602, cunum 29493, Texid 12967
GéneroHagiografia

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   290v < Página 291r > 291v

Caba aquello, que em mim comesaste; sua ama bem auenturada confiando da peticão da virgem, q seria boa, ca bem emtendia, que hera quite de peccado, disse, demanda o q quizeres filha, ca eu to não negarei nenhũa couza: enton a virgem bem aventurada abrio o seo, e disse, o senhor me vestio hũa vestidura muy clara, e branca e sengio me hũa Cinta de ouro, e pos a sua mão sobre mim, e me recebeo por Espoza pello seu anel, o seu Jugo manço, e a sua mão he pera o meu Collo, e a sua carrega leue, he pera mim o seu gosto mais doçe he em mim, q o Mel, e rogo te, q esta vestidura me non tomes, nem ma tires pera eu auer de merecer de uer o saluador meu Jesus Christo, quando vier em dia do Juizo.

Quando sua ama desta virgem, vio estas couzas, pos os Giolhos em terra, e disse : ó Deos senhor confirma aquesto, q obraste em nós, ca tu senhor sabes, q somos feitos de fraca Maça, e tu senhor ajuda as nossas infermidades, e a bem aventurada Dona Senhorinha, querendo segir o talanto de sua ama, e arder mais en seruiço de Deos . rogou lhe, que a leixasse Jeiũar todas as quartas feiras, e as sestas feiras em pão, e en agoa . vendo a dita sua ama, como a moça hera de muy piquena idade, e conciderando, q o Jeiũ hera grande pera ella, outorgou lhe, q a ssesta feira Jeiũasse, e este uso teue esta sancta atá, q ouue doze annos, ca porq hera de pequena idade, non queria a dita sua ama, e sua Cuuilheira, e Madre speritual, q mais Jeiũasse.

Ainda mais fazia esta sancta, rogaua, q lhe lessem ameude as vidas dos sanctos, e das sanctas, as quaes fazia ler perante si por lingoagem, pellas quaes escrituras ella vio, e entendeo, quantos marteiros os Martires por Jesus Christo padecerão, e como vençerão

Guardar XMLDownload text