Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1029T1181

Vida de São João Clímaco

TitleVida de São João Clímaco
EdiçãoCristina Sobral
Tradução/RedacçãoTradução do italiano: o texto original foi escrito em grego por Daniel de Raytu («Vita Joannis cognomento Scholastici, vulgo Climaci», Patrologia Graeca, vol. 88, 595-614) e traduzido para latim por Ângelo Clareno, cuja tradução foi, por sua vez, traduzida para antigo toscano por Gentile da Foligno (S.Giovanni Climaco, La scala dal Paradiso. Testo di lingua correto su antichi codici mss. per Antonio Ceruti dottore dell’Abrosiana, Bologna, 1874). O texto português revela-se tradução muito próxima deste texto.
Data da Tradução/Redacção1375-1430
TestemunhoBiblioteca Nacional de Portugal, Alc. 213, fls. 122-125
Data do Testemunho1430-1500
BITAGAPManid 1029, cnum 1477, Texid 1181
GéneroHagiografia

índice Página 122b > 122c

Acabado he o sermom que fala do pastor /. E começa sse a vida de san Johã abbade de mõte sinay chamado escolastigo . o qual escreueu as sobredictas sobredictas: sob’ acrescentado na margem de goteira, com sinal de chamada. tauoas spirituaes as quaes escreueu compridamente daniel homildoso mõge do Moesteiro de Raytu

Qual ffoy . a çidade digna . de seer nomeada . e ouujda . a qual aqueste glorioso homen . de ssy meesma adusse e criou . antes do estado . obrado . da vida monastica /. a qual elle diligentemẽte . buscou . e abracou . certamẽte que eu a a: acrescentado na sobrelinha sobre cunha de inserção. possa compridamẽte achar Mais . qual seia a çidade . de que elle he supernal morador . e marauilhosamẽte o cria . do comer . mortal . desta cidade . deuo seer Jnorãte . Porque elle . era daquella çidade . da qual elle . ameestraua .


Guardar XMLDownload text