Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1094T1983

Vida de Santo Aleixo Confessor

TitleVida de Santo Aleixo Confessor
EdiçãoCristina Sobral
Tradução/RedacçãoTradução do latim
Data da Tradução/Redacção1375-1400
TestemunhoBiblioteca Nacional de Portugal, Alc. 181, fls. 153r-157r
Data do Testemunho1416
BITAGAPManid 1094, cnum 1095, Texid 1083
GéneroHagiografia

índice Página 153 > 153v

Aquy se começa a uida de Sancto alexo . Confesor .

EM Roma foy hũũ homẽ per nome chamado . Eufemyano nobre e rico mujto . E era dos grandes . e dos priuados em casa do enperador . E este tijnha tres Mil moços uistidos todos de uistiduras de sirgo . e cingiam todos cintas d’ouro . Aqueste era homẽ iusto e misericordioso . e daua mujtas smollas por amor de deos aos pobres. Cada dia em sua casa se poynhã tres mesas . e em elas dauã de comer aos orfõõs e aas uyuuas e aos pelegrĩj̃s e romeos . e aos homẽẽs camjnhantes . E ele comya a hora de noa . e senpre reljgyosos . A sua molher auya nome aglaes muy religiosa . e que temya deos . E tijnha filho porque era manjnha . por a qual cousa erã anbos tristes e chorosos . E porque auyam mujtos bẽẽs . e tijnhã herdeiros . e porque seruos e seruas . os ouuessem de herdar . dauã cada dia mujtas smollas por amor de deos. E cada hũũ dia stauã . e perseuerauã em rogos e em orações . pidindo a deos que lhe prouuesse . de lhes dar algũũ filho que herdasse seos bẽẽs . E nosso senhor deos uẽẽdo a contriçom d’anbos . por a sua beniguidade beniguidade: abreviado benigidade. . E nẽbrando se das boas obras . que anbos polo seu amor faziã . outorgou lhes o rogo e a pitiçõ que lhe pidiam. E deu lhes hũũ filho e babtizarõ no . e poserõ lhe entõ nome . Alexo . por o qual filho se alegra mujto . E derom a deos graças . Entõ stabelecerom anbos que d’hi em deante o mais tẽpo da sua ujda . ujuessem castidade e em sanctidade polo filho que lhes deos dera . E que todo tenpo dormissem anbos em hũa cama . nẽ se iũtassem anbos carnalmente . Mais que perseuerassem em toda castidade e ljnpeza . em guisa que eles podessem a deos plazer . E o seu fi


Guardar XMLDownload text