Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M1008T1008

História de mui nobre Vespasiano

TitleHistória de mui nobre Vespasiano
AutorDesconhecido
EdiçãoMaria Inês Almeida
Tradução/RedacçãoTradução do castelhano. O poema em francês do séc.XII Vengeance de Nostre-Seigneur ou Histoire de la destruction de Jerusalem está na origem de prosificações levadas a cabo nos sécs. XIV e XV e que forneceram o arquétipo para as traduções ibéricas deste texto.
Data da Tradução/Redacção1496 (antes de)
TestemunhoLisboa, Valentim Fernandes, [1496?]. Biblioteca Nacional de Portugal, Inc. 571
Data do Testemunho1496
BITAGAPManid 1008, cnum 1008, Texid 1008
GéneroNovelística

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   Capítulo 8 < 1 Capítulo 9 > Capítulo 10

¶De como folgou o emperador com a vinda de seu mestre salla . Capitollo .ix.

QUando o emperador ouuio dizer que gays seu mestre salla era vindo tomou muyto grãde prazer e desejaua muyto d fallar com elle por sua saude e em aqlla razom gays seu mestre salla chegou a roma O empador avia ajuntado suas cortes de todos os nobres de seu emperio assy de Reys como de cõdes e biscõdes e caualleyros por quãto o empador : estaua muyto mal de sua doẽça e creia q seria muita sua vida e por esto qria coroar seu filho titus : empador por tal q regesse e gouernasse todo o empio . E ao segũdo dia depois q gays mestre salla chegou a roma avya de seer titus empador e quãdo o empador vyu o seu mestre salla tomou grande prazer e preguntou lhe se avya achado algũa cousa com que ouuesse saude e fosse saão de sua doença e enfermidad . e o mestre salla lhe rspõdeo Senor alegrai vos e dae graças aaqlle sãto pfeta jesu o : o qual pollos falsos judeus foy leuado a morte em jhrlm a grande torto . q eu achey huũ vosso leal seruidor vosso vasallo jacob o ql me mostrou hũa molher daqlle santo jesu o e esta molher vos ey trazido aqlla traz huũ pano no qual esta afegurada a cara daqlle senhor todo poderoso q na cruz morreo . E tãto q vos verdes aqlle santo pano tendo firme fee e creença naqlle santo pfeta q pode fazer todas estas cousas em vos dar saude a vos e a todollos emfermos pedindo lhe a elle merçee serees logo saão e limpo de vossa ẽfermidade Bẽ asy como esta molher q vos aq trago q estaua bẽ assi como vos . e aqlle signal de jhesu o guaresçeo e saarou . porq vos digo verdad snor . q vos adorãdo aqlle q he verdadeyro de : e verdadeyro homẽ todo poderoso . e tomou carne da virgẽ santa maria . e nasçeo sem door e sem corrõpimento q ella teue e quis morrer na cruz por saluar a linhagem humanal e depois resorgio ao terçeiro dia . e aos quarẽta dias sobio aos çeos depois q resorgio em presença dos se apostollos . e depois a cabo de dez dias q foy sobido aos çeos emviou o esprito sãto sobre os apostollos . e desçenderaa ao dia do juyzo verdeiro ds e verdeiro homem julgar os boos e os maaos . e a cada huũ dara o galardõ segũdo teuer mereçido e feyto . E depois senhor a mester que vos bautizedes a augoa do esprito santo bem asy como o custumã os vossos cristaãos e logo serees saão E se todas estas cousas vos fezerdes podes seer saão d vosa ẽfermidad e d vossa doẽça nehuũ tẽpo . E todas estas cousas eu aprẽdy senhor em huũ sermõ que ouuy pgaar em esta çidade no tẽpo de vosso padre . e tambẽ em jherusalem de jacob vosso leal seruidor e amigo do santo profeta jhesu christo .


Guardar XMLDownload text