Corpus de Textos Antigos

Menu principal


Powered by <TEI:TOK>
Maarten Janssen, 2014-

M5602T12967

Vida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)

TitleVida e Milagres de Santa Senhorinha de Basto (E)
AutorDesconhecido
EdiçãoMarta Cruz
Tradução/RedacçãoEscrito originalmente em português
Data da Tradução/Redacção1248 - 1284
TestemunhoBiblioteca Pública de Évora, CIII / 1-22, copiado por Torcato Peixoto de Azevedo (autógrafo), ff. 286r-305v
Data do Testemunho1692-1705 (datado 14-02-1692)
BITAGAPManid 5602, cunum 29493, Texid 12967
GéneroHagiografia

O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

índice   Milagre do moço manco (póstumo) < 1 Milagre dos dois mancebos cegos (póstumo) > Milagre da mulher que tinha no ventre uma serpente (póstumo)

Milagre do Cego a quem sancta Senhorinha deu vista

Este mesmo Clero disse, q elle uira dous mancebos Cegos de sua nascença, os quaes herão de longas terras, e pollo bem, que ouuirão desta sancta, trabalharão de se uir a sua caza, e chegarão a Cidade de Lisboa, onde Jas o corpo de são Vicente . perguntarão entõ onde hera a terra aonde Jazia o Corpo de sancta Senhorinha, e outrosi suas molheres, que elles vinhão, e disserõ lhe, que viessem ao Arcebispado de Braga a par do rio a que chamão Basto, e q alli Jazia o corpo de sancta Senhorinha a par del . os quaes Cegos chegarão a dita Jgreja, e contarão ao dito Crego, que auia nome Payo, quanto lhes acontecera; e poendo sse o sol cada hum se foi pera sa caza . entõ ficarão os ditos Cegos e saas molheres ante o moimento de sancta Senhorinha; e como quer, q ambos fizerõ oracão; crede; que hum delles a fazia mais de Coracão, que o outro, segundo ueredes, que passada a primeira vigilia da noite, estando as Candeas alumiadas ante o moimento desta virgem, hum daquelles Cegos, q mais amigo de Deos hera, ouuio hum troo tão grande, q lhe parecia, que toda a caza cahia, e comesou de chamar seu parceiro, e o seu parceiro lhe preguntou, q he ! vejo toda esta Jgreja chea de Candeas asezas, e dando grandes brados alegria, e prazer, o Cego alumiado foi tanger os signos, e os Cregos todos, e seruidores da Jgreja, se alçarão, e quando uirão o dito Cego assi alumiado, derõ grandes graças a Deos, e a esta virgem muy sancta . o qual Cego despois por muitos tempos, das Esmolas, q lhe dauão, compraua Candeas, e obradas, e offerecia todo ante o corpo desta sancta, e depois a cabo de tempo tornou sse pera sua caza, são e saluo, e grande prazer.

Guardar XMLDownload text